E-reputação: vigiar as fontes que não tem fluxo RSS

Janeiro 2017



Dentro de uma empresa, o estabelecimento de uma estratégia de monitoramento e um sistema de monitorização contínua de fluxo de informação é, hoje em dia, considerado imperativo. Apesar do desenvolvimento do RSS, nestes últimos anos (graças à ascensão dos blogs, em particular), alguns sites persistem em não oferecer nada ou então os fluxos não são funcionais, pois lhes falta precisão e refinamento na pesquisa. Então, como controlar eficientemente sites sem fluxo RSS, mais dignos de interesse por sua estrutura? Aqui está uma seleção de ferramentas que pode resolver o problema.



Gerar um fluxo RSS em uma pagina


Softwares de base para criar um fluxo RSS em sua pagina :
  • Ponyfish : Ferramenta livre, ergonômica e de fácil acesso. A partir do site que você deseja, digite a URL da página para a qual você deseja gerar um fluxo RSS. Ponyfish se encarrega de transformar a pagina por você. Além disso, Ponyfish tem características que permitem que você selecione a partir de que você

deseja gerar conteúdo, imagens, vídeos, textos etc.
  • Pagina 2RSS : produto que funciona de forma semelhante. No entanto, não é uma opção que lhe permite determinar o conteúdo que servira para gerar a página inicial do RSS. Com menor margem de manobra, ele sofre um pouco da comparação com Ponyfish. Porém tem um detalhe que é melhor que seu concorrente: é possível ser alertado pela sua caixa de entrada de novos conteúdos relacionados com a página monitorada e também receber o alerta diretamente na sua conta no Twitter.


.
  • RSSpect funciona quase da mesma maneira que os dois programas anteriores. Ele exige, no entanto, que você se registre antes de poder começar transformar as páginas de RSS. Para cada página, você pode atribuir um título e escolher um limite de fluxo e escolher o teto de mudanças incluídas no RSS. Por exemplo, você pode decidir que só grandes mudanças irão gerar um novo alerta no seu fluxo RSS, um conceito que dever ser definido e avaliado.
  • Google reader integrou a alguns meses atrás, um recurso que permite a você monitorar as páginas sem RSS. Para tanto basta entrar no endereço da página, o Google Reader detecta que este não oferece fluxo RSS e oferece a possibilidade de criar um RSS personalizado para ser notificado das mudanças que ocorrem nestas páginas. Pelo momento, este método só funciona na versão Inglês.

Os alertas de modificação nas paginas


A segunda categoria de ferramentas permite que você seja avisado por e-mail de alterações em uma página.
Todas estas ferramentas de trabalho funcionam da mesma maneira: digite o URL da página para ver quando a ferramenta permite escolher os critérios de seus alertas (área da página, tipo de conteúdo, o nível de variação), digite seu e-mail e espere para receber seus primeiros alertas.
  • Change Detection : A ferramenta oferece várias opções para afinar seu alerta como o tipo de alterações na página a assinalar, o nome do alerta e as palavras-chave que devem ser comunicadas ou omitidas.
  • Femtoo: bom recurso para o crédito da ferramenta, que visa testar a seleção feita, a fim de verificar se o fluxo das obras (e não esperar indefinidamente para alertas de e-mail que nunca vai chegar).
  • Watchthatpage: serviço gratuito para controlar um número ilimitado de páginas web à partir de palavras-chave e classificá-las em pastas.
  • FollowThatPage e InfoMinder: estes serviços oferecem a mesma funcionalidade do Exchange Detecção, de alertas por e-mail.
  • Watchthatpage: serviço gratuito para controlar um número ilimitado de páginas web à partir de palavras-chave e classificá-las em pastas.

As extensões para navegador


Para que possamos estar sempre alertas e não passar muito tempo navegando entre as caixas de correio e o agregador, o uso de plugins de navegadores web é a solução ideal.
  • Update Scanner Firefox: Uma vez que esta extensão for instalada, clique com o botão direito do mouse sobre a página que você deseja monitorar e selecione a freqüência de acompanhamento e o limiar de variação que vai acionar um alerta. Os alertas são exibidos no navegador, em seguida, quando haverá um alerta.
  • Page Monitor do Google Chrome: funciona com o mesmo princípio que o Update Scanner. Para definir o monitoramento, basta clicar sobre o ícone da extensão que é instalado por padrão na barra superior do navegador.

Os softwares especializados


As ferramentas de vigilância especializadas têm um preço. Para download ou em Saas, um período de teste gratuito permite testar com eficiência. Geralmente mais flexíveis e mais completos, eles são de qualquer maneira ferramentas menos abordáveis e mais úteis para uma vigilância sensíveis ou complexos.
  • Website Watcher : um software pioneiro na vigilância na Internet. Ele já tem muita experiência, você pode vigiar qualquer tipo de pagina : com ou sem fluxo RSS, incluindo aquelas que tem proteção contra os softwares de vigilância. Os parâmetros de filtros são numerosos, repousando em expressões regulares com funcionalidades de aprendizado e um gravador de macro que permite passar por formulários de identificação. Uma versão de teste de 30 dias permite conhecê-lo e decidir se ele é um bom para ser adquirido. O site do editor propõe diversos tutoriais em vídeo.
  • Internet Owl : mais simples para configurar que Website Watcher porém menos completo. Seu sistema de alerta através pop up ou por sinal sonoro é, no entanto, bastante interessante.


Para concluir o tema das fontes sem fluxo RSS, podemos acrescentar Dapper e Wysigot Newz (menos conhecido e mais experimental) em nossa seleção de ofertas disponíveis no mercado. Os softwares apresentados são geralmente confiáveis. Cabe a cada usuário escolher e a solução a mais adequada as suas necessidades de vigilância.

Crédit photo : Beboy - Fotolia

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25. Última modificação: 4 de agosto de 2010 às 00:19 por ninha25.
Este documento, intitulado 'E-reputação: vigiar as fontes que não tem fluxo RSS', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.