Regras de ouro do sistema de cupões (França)

Fevereiro 2017


Para promover um site e torná-lo atraente, os métodos do passado não são, necessariamente, os piores. De uns anos pra cá, o sistema de cupões está de volta na web, com força total: o bom e velho princípio de cupões de desconto dos mercadinhos da vizinhança, aplicado na venda on-line. Algumas dicas para torná-lo um trunfo de marketing e se lançar em uma campanha eficaz.


Emissão de cupões: pra quê?


As promoções, que são os cupões, têm a vantagem de recuperar em fidelidade, o que se perde em desconto. Atrair com um bônus e encorajar o cliente a voltar, se o produto, ou serviço prestado, é bom. Baseado nos que já te conhecem, através de um produto, você pode levá-los a descobrir outro.

Diante dessas preocupações sobre a diminuição do poder de compra, este sistema é uma ferramenta de marketing única e, adicional, para prolongar uma campanha de publicidade on-line. Um banner indicando um cupom gera uma taxa de clique muito maior.

Resumindo, é uma operação muito barata que proporciona uma flexibilidade significativa para um empresário: duração, período, mercado objetivo de um produto e os efeitos dos anúncios. A desmaterialização do cupom eletrônico facilita muito a sua propagação. Porém, ainda é preciso saber onde torná-los acessíveis.

Onde emitir seus cupões?


Saber tornar as suas ofertas visíveis é um percurso cheio de armadilhas, quando não se pode exibi-los em supermercados ou nos produtos. Existem maneiras de tratar a sua presença na Internet.

Animar o seu site


O primeiro lugar de difusão de cupões deve ser obviamente, o site da empresa. É importante reservar espaços promocionais e aproveitar o interesse dos consumidores, para que eles preencham um formulário-cliente, que o ajude a saber mais. É uma boa maneira de atrair os clientes regulares e obter seu consentimento (opt-in) para ser incluído em uma lista de difusão.

Fazer um e-mail inteligente


Se você tem um banco de dados de clientes, suficientemente cheio, e bem focalizado, você pode desenvolver uma operação de correspondência eletrônica (e-mails) de marketing, incluindo cupões facilmente utilizáveis. Escolha uma forma de impressão, se você tem uma loja real (não virtual). Caso contrário, use um código único, que o cliente poderá, durante a sua compra on-line.

Contatar os sites emissores (franceses)


Você também pode passar através das plataformas dos sites, que põem cupões à sua disposição: assim, os usuários vão encontrar descontos, que poderão utilizar, em sites comerciais. Os seguintes sites são do mesmo gênero, de confiança e estão dispostos a encontrar parcerias:
  • icoupon : escolha interessante onde os sites de estruturas pequenas são bem vindos.
  • pixibox : grande escolha de cupões divididos em três categorias, cupões de lojas, cupões de shopping e ofertas da web.
  • 1001 descontos
  • ebuyclub : mais reservados às grandes marcas.

O que deve ser feito...


Veja algumas dicas básicas para uma operação bem sucedida:
  • Certifique-se que o cupom é fácil de usar: o cliente deve ser capaz de utilizá-lo e não, de criticar a sua imprecisão ou falta de clareza, durante a oferta.
  • Não se contentar com esta ferramenta e incluir uma estratégia mais global: o uso de redes sociais, sms, etc enviar boletins informativos.
  • Temporizar entre as campanhas para verificar o impacto do anterior. Elas não devem ser muito freqüentes e os cupons não devem ser acessíveis demais: você correria o risco de habituar os clientes e, portanto, incentivá-los à esperar as ofertas para comprar.
  • Segmentação relevante: cupom demais não serve para nada. Listas de clientes interessados, cupons depositados em sites adequados e uma boa análise do mercado, são muito melhores do que um bombardeio de cupons que, além disso, pode ser muito contra-produtivo para a imagem da marca.
  • Para começar, saiba se, o que você quer é: quantidade ou qualidade.

e o que NÃO deve ser feito!

  • Promover uma redução nominal: é melhor falar em percentagens. Depois de emitidos os cupões, se você achar que a oferta é generosa demais, mude o preço para restaurar o equilíbrio. Se você optar por um valor facial (exibido no cupom), certifique-se de que permaneça fixo.
  • Lembre-se que o consumidor é uno e indivisível: é preciso saber distinguir entre os compradores compulsivos, daqueles que pensam, e coincidir os ciclos de vida dos produtos com a capacidade dos clientes, para comprar novamente. Conseqüentemente, a edição das diversas ofertas deve corresponder à natureza de cada consumidor.
  • Desvalorizar um produto quando o valor é alto: O modelo tradicional de ofertas ou de sistema de cupões com preços muito baixos não é, necessariamente, o melhor. A promoção deve continuar a ser um "prêmio", por exemplo, uma amostra de alta qualidade que permitirá, em seguida, converter o cliente.


A área está bastante cheia, mas o sistema de cupões e, certamente, uma ferramenta poderosa para reforçar a fidelização dos clientes e atrair uma nova clientela. Emitir e-cupons deve ser algo bem pensado e coerente, com a estratégia da sua empresa. Se você duvidar da qualidade da sua oferta de cupões, existem agências especializadas em promoção, que poderão cuidar da sua campanha.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 8 de agosto de 2010 às 12:34 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Regras de ouro do sistema de cupões (França)', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.