Os principais aplicativos do Ubuntu

Abril 2017

Veja nesta dica todas os aplicativos do Ubuntu, ou seja, os programas instalados por padrão e alguns softwares conhecidos, que você poderá instalar para complementar ou substituir os já existentes.


Software instalados por padrão

Se você clicar duas vezes em uma música, o Rhythmbox se abrirá. Para uma página web é o Firefox. Para alterar os aplicativos padrão, vá no menu Preferências > Aplicativos Preferidos.

Burótica

Evolution é o cliente de e-mail instalado no Ubuntu. Ele também permite a gestão das tarefas e tem um calendário que pode servir como agenda. No seu arranque, você será solicitado a criar uma conta. Se você iniciar pelo menu Office é o calendário que aparecerá.

O OpenOffice.org é o concorrente gratuito do Office do Windows. É uma suíte burótica completa, incluindo um processador de texto (Writter),uma planilha (Calc) e um software de apresentação (Impress). O Writter pode ler e editar documentos (.doc), que é muito útil quando se trabalha com pessoas que escrevem no Word.

O aplicativo Dicionário é enorme e, como o nome indica, define palavras. Atenção, é preciso adicionar mais dicionários pelos servidores Ubuntu.

Internet

Novidade desde o Ubuntu 9.10, o Firefox é instalado como navegador padrão, mais rápido, seguro e estável, atualmente. Pequena dica, se você trabalha com um computador com dual-boot você poderá sincronizar seus marcadores favoritos e suas senhas através da extensão Xmarks.

Outra novidade é o software Empathy, que substituiu o Pidgin, que é um cliente de mensagens instantâneas, gerenciando o MSN, IRC, Google Talk, ICQ, etc.
Evolution: descrito acima, serve para ler seus e-mails.
Transmission: é um cliente da rede Bittorrent com interface gráfica.
Ekiga: é uma solução de VoIP (voz no IP) e videoconferência.
Terminal Server é um cliente gráfico para se conectar aos computadores remotos.
O visualizador de Desktop Remoto permite exibir o desktop de um computador remoto, no seu PC.

Áudio / Vídeo

Brasero é um software de gravação e/ou cópia de CD/DVD. Ele gerencia a criação de CD/DVD de dados e áudio.
Rhythmbox é um leitor de áudio inspirado no iTunes. Este é um aplicativo gratuito, totalmente integrado no GNOME. Ele suporta vários leitores móveis, gerencia playlists, capas de álbuns e permite pesquisas por artistas, música, gênero, etc.
O leitor de vídeo Totem lê a maioria dos formatos de vídeo. Ela baixa, automaticamente, os codecs necessários para reproduzir formatos desconhecidos.

Imagem

OpenOffice.org também tem um módulo de desenho (Draw).
Gimp é um software de edição completo. É o concorrente gratuito do Photoshop.
O Gerenciador de fotos F-Spot torna fácil a gestão de fotos. Este software é muito útil e eficaz quando você tem muitas fotos, para classificá-las por etiquetas, efetuar buscas, etc.
Xsane é um aplicativo de aquisição de imagem, muito usado com os scanners.

Utilitários

O analisador de uso de discos gera gráficos que mostram o nível de ocupação dos discos. Você pode visualizar, facilmente, os arquivos que ocupam mais espaço.
Terminal, é fundamental conhecê-lo!

Jogos

O Ubuntu oferece uma variedade de jogos, indo do xadrez ao Tetris, passando por alguns jogos de cartas e de tabuleiro. Sem esquecer o tradicional Mahjong e Connect 4. Uma lista dos jogos disponíveis no Ubuntu pode ser vista neste endereço.

Amarok

Amarok é um leitor de vídeo muito poderoso. A versão 2 tem menos recursos mas continua a ser um bom software de música. Para baixar o Amarok, em português, clique aqui.

Amarok é dividido em três áreas: à esquerda, existem várias guias disponíveis, incluindo a Collection, uma lista de serviços de Internet (rádio, last.fm, Jamendo), playlists dinâmicos e um explorador de arquivos. No centro, uma área onde aparecem as informações sobre a música que está sendo ouvida e à direita, a lista de leitura atual. Todas essas áreas são configuráveis e personalizáveis. Você pode adicionar plug-ins, scripts de temas, indo no site Amarok.kde.org.

VLC

VLC é conhecido como o melhor leitor de áudio/vídeo. Seu sucesso se deve, principalmente, ao fato de não utilizar codecs, podendo, assim, ler qualquer formato. Para instalá-lo, passe pela biblioteca de softwares, ou instale o pacote VLC. Ele também permite visualizar fluxos de vídeos, como os de sua webcam, ou da internet. Para completar, ele permite divulgar e converter conteúdo.

Wicd

Por padrão, é o software para gerenciar as conexões de rede e Network Manager. Porém, este último sofre para obter um endereço IP, especialmente em certas redes Wi-Fi.
Wicd gera as redes sem fio e com fio. É simples de usar e pode ser minimizado na barra de tarefas, como o NetworkManager.

Observação: a sua instalação envolve a remoção do pacote Network-manager-gnome.

Thunderbird

Thunderbird é o cliente de e-mail da Mozilla, inventor do Firefox. Seu uso é semelhante ao do Evolution. Ele é mais leve e você pode compartilhar sua caixa de e-mail com o Windows, acessível em caso de dual-boot. Você pode baixar apenas os cabeçalhos das mensagens. Ele é útil em caso de conexão lenta.

Wine

Wine permite a execução de softwares Windows no Ubuntu. Uma vez instalado, você pode executar a maioria dos softwares que você usa naquele sistema operacional. Saber se meu software é compatível com o Wine

Correspondência Ubuntu/Windows

Se você usava o Windows antes, talvez você fique confuso com os aplicativos não disponíveis no Ubuntu. Na verdade, alguns softwares não foram desenvolvidos nos sistemas do Linux (Adobe Photoshop, Microsoft Word, etc.).

Mas existe uma alternativa gratuita para cada um desses softwares. Assim sendo, não é preciso retornar ao Windows. O número existente de aplicativos do Linux é impressionante. Como a maioria dos softwares é gratuita, eles evoluem sem parar, desenvolvidos por toda a comunidade de programadores. Surgem softwares gratuitos e de boa qualidade. Muitas alternativas aos softwares pagos incentivam as pessoas a utilizar o Linux.

Saiba mais

O Linux não é o Windows
Por que Linux é melhor
Foto: © Pixabay.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 10 de dezembro de 2016 às 09:27 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Os principais aplicativos do Ubuntu', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.