OTIMIZAR A MEMÓRIA VIRTUAL

Agosto 2017


Explicações

Esta dica serve somente para uma otimização não possibilitando de nenhuma maneira os mesmos resultados obtidos com o aumento da memória viva.

Mesmo assim, a memória virtual é sempre utilizada, mesmo quando uma grande quantidade de memória viva é disponível. Então, é aproveitar o melhor dela!

O arquivo de troca (também chamado "memória virtual") é utilizado pelo sistema operacional de maneira transitória para armazenar blocos de dados que já estão normalmente na memória.

Se este arquivo estiver fragmentado, os desempenhos do sistema serão seriamente afetados. É bom neste caso desfragmentar este arquivo. (processo de compactação)
.
Com Windows 2000/XP/Vista, trata-se do c:\pagefile.sys

Desfragmentação automática

Utilize Página Desfrag.

Desfragmentação manual

Desativar a memória virtual

Comece por desativar a memória virtual:

Painel de configuração (aparência clássica) > Sistema
-Sob Vista: clique em Parâmetros sistema avançados
-Sob os outros Windows: clique sobre a aba Avançado

Em Desempenhos, clique em Parâmetros > clique na aba Avançado

Em Memória Virtual, clique em Alterar

O arquivo utilizado pela memória virtual (pagefile.sys) encontra-se, é claro, no C:

Clique em nenhum arquivo de troca e definir.

Feche tudo novamente e reinicie em modo com segurança. (pressionar F8 durante a boot BIOS e o lançamento de Windows). Verifique que a memória virtual foi desativada. (volte às opções via o painel de configuração)

Desfragmentar o disco (s) rígido (s) em modo com segurança

Desfragmentar os discos rígidos em modo com segurança. Uma vez os discos desfragmentados, volte para as opções da memória virtual como exposto acima.

Gerenciar a memória virtual

Basta, como efeito de gestão, atribuir-se, a si mesmo, o tamanho do arquivo.

Recomenda-se 1,5x à 2 as x o tamanho da memória viva.
(por exemplo - para 1Go RAM: 1500Mo à 2000Mo de memória virtual).
A quantidade recomendada pelo Windows é apresentada nas opções.

N.B: Tudo depende do estado de seus softwares. Pegue como exemplo uma utilização importante de recurso nas suas atividades para avaliar as necessidades.

É evidente, então, que, quanto mais RAM, menor a utilização da memória virtual.
Para ser preciso, se você tiver 4Go RAM, não fixe 8Go de memória virtual!

Se você tem vários discos rígidos, evite colocar o arquivo sobre o mesmo disco da instalação de Windows ET. Em todo os casos, escolha o disco mais rápido!

(N.B: trata-se aqui de discos rígidos diferentes e não partições diferentes sobre um mesmo disco. No caso de partições, deixe o arquivo sobre a partição da instalação Windows.)

Se não, coloque-o sobre o seu disco rígido principal, como ele estava desde a origem.

Nas opções da memória virtual, escolha o disco sobre o qual será colocado o arquivo da memória virtual e em seguida clique em tamanho personalizado.
NB: MESMA quantidade de Mo em tamanho inicial E tamanho máximo. (a fim de evitar a fragmentação do arquivo) clique em Definir.

Feche tudo novamente e reinicie seu computador.

Verifique que a memória virtual tenha sido atribuída conforme sua programação.

Arquivo de troca criado

Você criou um arquivo de troca mais eficiente. Os dados colocados nesta memória virtual não serão mais dispersados no disco e, se foi criado sobre um outro disco rígido, o trabalho será compartilhado entre eles.

Para aqueles que são peritos é possível suprimir temporariamente todos os dados do disco rígido sobre o qual será criado o arquivo de troca. Ele será assim posicionado bem no inicio do disco! Mas isto é só para aqueles, que pelo conhecimento, podem ousar!

Você pode, também, programar a limpeza do arquivo de troca em cada extinção do PC.


Veja a dica Arquivo Pagefile


Tradução feita por Ana Spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 6 de julho de 2015 às 07:19 por ninha25.
Este documento, intitulado 'OTIMIZAR A MEMÓRIA VIRTUAL', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.