Como instalar o Mac OS 10.6 - Snow Leopard

Maio 2017

Esta página tem por objetivo ajudar a instalar o Mac OS 10.6, após a supressão completa do disco rígido. No caso de uma instalação sem supressão anterior do disco rígido, o procedimento é semelhante, a partir da Instalação/4 ª etapa.


A instalação do Mac OS 10.6, ou seja, do Snow Leopard, só é possível em um Mac com microprocessador Intel. Impossível em um Mac com microprocessador do tipo PowerPC.
A configuração mínima exigida, indicada pela Apple, pode ser encontrada
neste link.

O "Guia de instalação e configuração" da Apple, em formato PDF, sobre esta instalação, pode ser encontrado aqui.

Em primeiro lugar, antes de começar a instalação, verifique se o Mac não precisa de atualização do seu programa interno (EFI): Atualizações de firmware EFI e SMC para Macs Intel e Suporte Apple.br. O DVD de instalação deverá ser um DVD compatível com o seu Mac. Leia as explicações abaixo:

Existem vários discos de origem da Apple e os principais, referentes à instalação do Mac OS, são os discos de instalação do Mac OS integrados em qualquer Mac. De um modo geral, esses discos são cinzas. Eles são próprios do modelo do Mac entregue e não podem ser usados em outros modelos do Mac. Somado a isso, às vezes, os discos de restauração de softwares, são entregues separadamente dos discos de instalação do Mac OS, com aplicações da suíte iLife. Aqui também, estes discos são cinzas, quando fornecidos com o Mac e os discos de atualização de uma versão do Mac OS para uma superior. Neste caso, trata-se de um disco adicionado ao conteúdo da caixa da Apple, ou encomendado, quando o Mac foi vendido com uma versão do Mac OS já obsoleta, na entrega. Estes discos de instalação são, mais frequentemente, chamados de "CD de atualização" ou "DropKit CD", ou nomes semelhantes. Todos eles só são utilizáveis para o modelo exato do Mac, com o qual foram vendidos. Eles não podem ser usados para instalar outro modelo do Mac. Além disso, existem CDs ou DVDs "universais", que permitem a instalação do Mac OS, ou da suíte iLife, em qualquer modelo do Mac, desde que atenda aos requisitos mínimos. O DVD de instalação universal do Mac OS 10.6 vem, é claro, com a foto de um leopardo das neves.

Em resumo, os discos de instalação universais Mac OS e iLife são vendidos separadamente. Além disso, eles são diferentes dos fornecidos com um Mac original, e são previstos para acompanhar as versões superiores do Mac OS X ou da suíte do software iLife. A licença que você deve aceitar na instalação do Mac OS pode ser consultada neste link.

Observação: o disco rígido de destino deverá estar no formato "Mac OS Extended (Journaled)" e, jamais, no formato UFS. Se o Mac OS já estiver neste volume, você deverá usar um procedimento especial para recuperar os arquivos. Veja a descrição deste procedimento especial aqui.

Naturalmente, os formatos MS-DOS (FAT 16 ou FAT 32) e o NTFS também não são válidos para a instalação do Mac OS 10. Estes são formatos utilizados para o Windows. Então, no caso de uma instalação em um disco externo novo, comece formatando o novo disco rígido, no formato Mac OS Extended (Journaled), já que quase todos os discos rígidos são pré-formatados em MS-DOS ou NTFS. Se precisar reformatar o disco, você deverá recriar o particionamento do disco rígido e verificar o esquema de partição utilizado, em Opções do Utilitário de disco, na hora da criação da partição. Somente o esquema GUID permite inicializar o Mac com processador Intel, no Mac OS 10. As opções Arquivar e Instalar ou Apagar e Instalar não existem mais na versão 10.6. Por padrão, o sistema vai reinstalar o Mac OS 10.6 no antigo sistema e preservar os arquivos, aplicativos e outros dados presentes no disco rígido. Na verdade, esta instalação padrão corresponde à antiga opção Arquivar e Instalar, exceto que o sistema não vai arquivar mais nada do antigo sistema. Isso também significa, que para fazer uma instalação do tipo Apagar e Instalar, será preciso fazer uma abordagem voluntária para realizar a supressão anterior do disco rígido de destino, antes de instalar o Mac OS 10.6. Veja o que a Apple fala sobre o assunto: Mac OS X 10.6 Snow Leopard: Como Excluir e Instalar e Mac OS X 10.6: Como "Apagar e Instalar"

Se você quiser apagar o seu disco rígido inteiro, antes de fazer uma nova instalação, veja como salvar a maioria dos seus dados, ou seja, arquivos e pastas que você colocou em seus respectivos lugares, no final da reinstalação.

Eventuais backups anteriores

Elementos a serem salvos

Muitos desses backups podem ser feitos de maneira correta, seguindo os procedimentos recomendados pela Apple, nestas páginas: Mac OS X 10.5 e 10.6: Como fazer backup e restaurar arquivos e Como fazer backup e restaurar arquivos importantes do Mac OS X 10.4. Mas, às vezes, pode ser interessante conhecer a manipulação Manual, para recuperar esses elementos. Veja, então, os caminhos para salvar e reinstalar, manualmente:

E-mail

A pasta com todos os e-mails chama-se E-mail e se encontra aqui:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca/e-mail
. Basta (o aplicativo E-mail deverá estar fechado, é claro) copiar esta pasta a partir da antiga conta e colá-la no lugar do seu homônimo virgem, na nova conta. O sistema perguntará se você quer substituir a pasta existente (virgem e nova) e você responderá Sim e pronto. A pasta de Preferências de E-mail se encontra aqui:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca/Preferências / com.apple.mail.plist
. Você deverá fazer a mesma coisa com este arquivo. Veja também o método de arquivamento e importação explicado pela Apple: Como arquivar caixas de correio.

Nota para usuários do Thunderbird
: a pasta com suas mensagens e extensões relacionadas ao Thunderbird, estão localizadas aqui:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuári/Biblioteca/Thunderbird 
.

Endereços/Contatos

Ainda a mesma coisa com a pasta Contatos que se encontra aqui:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca/Application Support/AdressBook
. Você também pode seguir o método de backup explicado pela Apple, aqui: Como fazer backup de dados de calendário do iCal.

Calendários/Agenda

A mesma coisa com a pasta iCal:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca/Calendários
ou utilize o método Apple descrito iCal 2.0 aqui.

Safari (bookmarks)

Sempre o mesmo princípio com os bookmarks do Safari, que estão aqui:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca//Safari/Bookmarks.plist
. Veja também Safari 3.0 esta página.

Firefox (bookmarks)

Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca// Application Support/Firefox/Profiles/bookmarks.html
. Você também pode recuperar a pasta Firefox inteira.

Acesso às keychains

A pasta Keychains (chaveiros) se encontra aqui:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca/Keychains
.

Notas de Ajuda de Memória

O arquivo com todas as suas notas se chama StickiesDatabase e fica aqui:
Disco_rígido/Usuários/Nome_do_usuário/Biblioteca/StickiesDatabase
.

iTunes

No iTunes Music com todos os álbuns de música e Podcasts, ele se onde você colocou suas preferências do iTunes (iTunes/Preferências/Avançado/"Localização da pasta iTunes"). A pasta iTunes está localizada na sua pasta Música e contém o álbum Artwork, a biblioteca do iTunes, o iTunes Library Extras.itdb, o Genius.itdb e o iTunes Music Libary.xml. E, eventualmente, se você quiser que os seus CDs conhecidos continuem conhecidos, mesmo sem nova conexão à internet, os arquivos de CD Info.cidb encontra-se na raiz de sua pasta Preferências.

iPhoto

A biblioteca de fotos iPhoto Library se encontra na nossa pasta Imagens. Veja também este método iPhoto 7.0 Help

Sequências

Todo o conteúdo da pasta Sequências, se você achar útil.

Microsoft - os dados vizinhos

Toda a pasta Dados dos usuários da Microsoft se encontra, diretamente, na sua pasta Documentos.

iLife

Todos os aplicativos iLife - na instalação do Leopard em uma versão anterior do Mac OS (Tiger, Panther, Jaguar, etc.). Ao instalar o Leopard no Tiger a partir de um DVD do Leopard vendido separadamente, os aplicativos do iLife não estarão incluídas. Ao instalar o Leopard a partir de tal DVD em modo Arquivar e Instalar, você encontrará os aplicativos do iLife, mas não em modo "Apagar e Instalar". Assim sendo, você deverá salvar esses aplicativos para colocá-los no lugar. Você também poderá preparar pacotes de instalação para aplicações envolvidas extraindo-os do CD de instalação original do Mac, usando o Pacifist. Este método tem a vantagem de listar esses aplicativos na pasta Receipts (Recibos), presentes no disco rígido; pasta esta, usada para reparar as permissões. Em compensação, os aplicativos da suíte iLife estão presentes nos discos de instalação original fornecido com o Mac, na entrega. A suíte iLife estará na versão existente na época da venda do Mac. Os aplicativos que fazem parte da suíte iLife são o iMovie, o iDVD, o GarageBand, o iWeb e o iPhoto.

Observação: cuidado, as versões muito antigas do iLife podem causar problemas no Snow Leopard; neste caso, você deverá pensar em comprar a suíte iLife, se você começar a partir de uma versão anterior, sem a última versão do iLife.

Outros elementos a serem observados e preparados antes da instalação

Os números de série dos softwares adquiridos, seus logins e detalhes diversos para reinstalá-los. Pessoalmente, eu tenho o hábito de armazenar arquivos de atualização baixados, que dizem respeito aos softwares, no CD que eu comprei. Eu também tenho sempre uma pasta com todas as atualizações, caso precise reinstalar um software a partir do CD de base e, em seguida, aplicar novamente as atualizações. Manter os arquivos atualizados pode fazer você ganhar muito tempo. Este é o caso da suíte Microsoft Office, por exemplo, que não prevê atualização combinada e para o qual você deve aplicar todas as atualizações, uma após a outra.

QuickTime

O Mac OS 10.6 vem com o QuickTime 10, que não reconhece a licença do QuickTime Pro 7. Se você usar o QT Pro 7, para usufruir de suas vantagens, você deverá reinstalá-lo e entrar sua chave novamente. A chave para a versão QuickTime Pro 7 deve ser copiada a partir das Preferências do QuickTime 7, ou anotada em algum lugar. Se você instalou a versão 7,o módulo Mpeg2 do QuickTime também deverá ser instalado novamente, as configurações de conexão à internet, se necessário, e as definições das contas de e-mail. Confira o seu disco rígido, sobretudo a pasta Documentos para verificar se não há mais nada a ser salvo como, por exemplo, projetos Final Cut, iMovie, ou outros, em andamento.

Como fazer a instalação

Saiba que, dependendo do tipo de DVD (DVD Universal ou DVD) de suporte, pode haver pequenas diferenças nos títulos ou na cronologia. Estas páginas da Apple explicam o procedimento: Mac OS X 10.6 Snow Leopard: Como Excluir e Instalar e Mac OS X 10.6: Como “Apagar e Instalar”.

Como inserir o CD ou DVD

Reinicie o Mac segurando a tecla C até que a janela de instalação apareça ou clique duas vezes no ícone Instalar Mac OS X e uma em Reinicializar. Para começar, o Mac verifica o estado do DVD de instalação e, se você quiser evitar um cochilo, clique em Ignorar para pular esta etapa.

1ª Etapa

Escolha o idioma de instalação.

2ª Etapa - Janela “Instalar o Mac OS X”

Aqui você poderá escolher entre clicar em Continuar para continuar uma instalação Padrão sem deletar o disco ou acessar a barra dos menus “Utilitários/Utilitário do disco”... para apagar o disco rígido. Então, aqui, opte pela supressão completa do disco rígido e, consequentemente, uma instalação do Mac OS 10.6 a partir do zero. Por isso, escolhi o menu Utilitários/Utilitário do disco.

3ª Etapa - Janela “Utilitário do disco”

Aqui, no lado esquerdo da janela do Utilitário do disco, marque o ícone do disco rígido físico - não sua partição situada logo abaixo à direita, mas o disco rígido físico em si. O seu ícone leva o nome do fabricante e indica a sua capacidade. No painel direito da janela, clique na guia Particionar. Acima da zona onde está escrito Atual, substitua a palavra "Atual" (menu) por uma partição, ou mais, se necessário. Abaixo da área, clique em Opções. Escolha Tabela de Partição GUID e clique em Ok para confirmar a seleção. Em seguida, de volta para a janela principal, escolha o formato Mac OS Extended (Journaled). Nomeie este volume, se desejar, mas você poderá fazê-lo mais tarde. Na parte inferior da janela, clique em Aplicar.

Agora, o disco está pronto para a instalação do Mac OS 10.6 . Na barra de menu, feche o Utilitário do disco.

4ª Etapa - Janela “Instalar o Mac OS X”

Clique em Continuar, aceite a licença na janela que segue, escolha o volume no qual você quer instalar Snow Leopard e clique em Continuar.

Observação: se o disco desejado estiver com um sinal de proibição ou outro aviso em vez da seta verde é que, provavelmente, há um problema com o formato de disco rígido. Um disco de destino com uma placa de contramão indica que o disco não pode aceitar o Mac OS 10 e que, provavelmente, você deverá reformatar o disco no formato Mac OS Extended (Journaled). Não escolha a opção Sensível ao tamanho das letras nas opções de formatação.

Clique no botão Personalizar, para não executar uma instalação padrão, que ocupará, inutilmente, espaço no disco rígido. Na janela de escolha de elementos a serem instalados, desmarcar todas os idiomas desnecessários. Mantenha apenas aqueles que você quer manter e o inglês, que deve permanecer instalado. Desmarque também todos os drivers desnecessários de impressoras, ou seja, praticamente todos, já que é melhor baixar a versão mais recente do driver necessário, no site do fabricante. Verifique se você precisa de todas as Fontes Adicionais. Você digita muito em japonês, hebraico, aramaico ... Sim? Então, mantenha essas fontes assinaladas... Não? Desmarque-as, sem problemas. Se você tem uma licença do QuickTime 7 Pro, selecione sua casa de instalação. O QT 7 será instalado em mais de QT 10, mas na pasta Aplicativos/Utilitários. Se você for usar os softwares escritos para Mac com microprocessador PowerPC, marque também a casa Rosetta. Rosetta é uma camada de software que permite rodar aplicativos não escritos para o processador Intel. O sistema vai utilizar Rosetta apenas quando necessário, e isto de maneira completamente transparente para o usuário. Enfim, se você achar que deve utilizar softwares livres como o Open Office ou o Gimp, marque também a casa X11. Quando tudo estiver terminado, clique em Ok, verifique o resumo da instalação escolhida e clique em Instalar. A instalação iniciará quando você clicar em Instalar. Para concluir, você verá aparecer uma janela indicando que a instalação foi bem-sucedida.

Em seguida, você será solicitado a reinicializar o Mac, o que você fará, é claro.

No arranque do Mac

Janela "Selecione seu teclado"

Depois do arranque, você deverá escolher o seu idioma e o seu teclado.

Janela "Você já teve um Mac?"

Você poderá transferir, ou não, os seus dados de outro Mac. Se você decidir transferi-los, preveja um cabo FireWire para conectar os dois Macs. Você também pode transferir seus dados posteriormente, utilizando o Assistente de Migração que fica em Aplicativos/Utilitários.

Janela "Selecione uma rede sem fio"

Aqui, escolha Ajuste de rede diferente. E, na janela Tipo de conexão abaixo, eu decidi que o meu Mac não se conectará à internet.

Janela "Dados de backup"

Nós não iremos nos inscrever no site da Apple cada vez que instalarmos o Mac OS! Então, coloque qualquer coisa nas seções, por exemplo, alguns traços para nome e endereço, em seguida, alguns zeros para o número de telefone... e clique em Continuar. Caso este seja o seu primeiro Mac e você queira se cadastrar no site da Apple, você pode preencher corretamente esta página. Só se você quiser, é claro!

Janela "Perguntas adicionais"

Onde você vai usar esse Mac, Profissão...? Responda qualquer coisa e, principalmente, desmarque a casa Mantenha-me informado... para não receber e-mails publicitários.

Janela “Crie sua conta”

Aqui, pense duas vezes, porque é aí que o nome do seu computador e o seu nome Abreviatura da conta, não editável, serão criados. O sistema tem, por padrão, o nome completo, indicado mais adiante. Assim, se o seu verdadeiro nome é “Maria Pereira”, seu nome abreviado será "mariapereira", mas se você preferir que seu nome abreviado seja “mariabonita”, você deverá indicar “Maria” como nome e "Bonita" como sobrenome. Se você preferir um nome curto como “maripere”, seu nome deverá ser “Mari” e seu sobrenome “Pere”. Nesta fase, você poderá alterar os nomes e os sobrenomes abreviados por padrão. Mas você não poderá fazê-lo mais, quando passar desta fase. O nome sendo abreviado será o nome do seu diretório e de sua conta, e ele é definitivo.

Observação: não utilize caracteres especiais em seu nome. Evite acentos, cedilha, etc.

Também é aqui que você deverá definir uma senha, que você poderá mudar depois, mas enquanto isso, você precisa de uma senha que possa memorizar, mesmo que você anote em algum lugar, longe da curiosidade dos outros. Trata-se da senha da sua conta de administrador. Você não poderá gerenciar o seu Mac sem esta senha. E não deixe esse espaço vazio. O Mac OS pode te criar sérios problemas se você usar uma conta sem senha.

Janela "Selecionar uma imagem para essa conta"

Feito isso, você deverá escolher uma imagem associada a sua conta. Escolha uma foto que lembre sua senha, se quiser, mas evite o nome do seu cachorro, todo mundo vai descobrir, rapidamente...! Em seguida, vem uma janela com a escolha do fuso horário e, em seguida, um pedido de registro da Apple.

Janelas "Assistente de conexão com a Internet"

Aqui, você poderá digitar as configurações do seu acesso à internet, se quiser, mas isso não é indispensável. Depois, você poderá usar o Assistente de conexão à internet e, neste caso, responder que você a configurará mais tarde. Então, para concluir, virá a janela que dirá que tudo está acabado. O Mac está pronto!

Observação importante sobre o Time Machine

Tenha cuidado quando você inicializar o Mac OS 10.6 com um disco externo ligado ao Mac. O Mac OS perguntará se o Time Machine pode utilizar o disco rígido em questão, como um disco de backup... Se você aceitar, esse disco externo será apagado e formatado para servir como disco de backup para o Time Machine. Então, cuidado, não aceite sem pensar!

Atualizações

No final do processo de uma instalação, após a reinicialização e a configuração da sua conexão à internet, você deverá terminá-la com as atualizações do sistema, que poderão ser feitas, inteiramente, pelo menu do Menu Apple > Atualização softwares, ou depois de ter baixado a última Atualização chamada Combo no formato DMG.

Ao aplicar a atualização Combo como intermediária você poupará bastante tempo. Mas você finalizará, de qualquer maneira, mesmo depois de uma atualização, através de uma imagem de disco combo do tipo DMG, pelo menu Apple > Atualização softwares, porque ainda existem atualizações não incluídas nos arquivos de atualização DMG baixados. Essas atualizações de software são obrigatórias.

Assim que a mensagem Seu software foi atualizado aparecer, basta executar o menu citado acima, mas você deverá executar o aplicativo Utilitário do disco para iniciar imediatamente uma reparação das autorizações do disco. Em seguida, você poderá começar a utilizar o Mac normalmente.
Foto: © Apple.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 25 de janeiro de 2017 às 13:00 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Como instalar o Mac OS 10.6 - Snow Leopard', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.