Escrever os Termos de Uso para as redes sociais

Agosto 2017

Download ilegal, uso inadequado de redes sociais: o uso da Internet nas empresas é cada vez mais complexo a enquadrar. O caso de três funcionários demitidos no final de 2010, mostra os riscos associados a estas plataformas de expressão, que estão na encruzilhada de várias questões tais como: realização da reputação e-mail, perda de produtividade, ou o vazamento de informações sigilosas. Numa altura em que o teletrabalho cresce na mistura de uso profissional e pessoal, como educar os funcionários sobre o uso sustentável das redes sociais nos negócios? Quais são os limites impostos, e quais as liberdades concedidas aos empregados?


Utilização "racional" das redes sociais na empresa

A CNIL (Comissão Nacional Informática e Liberdades) recomenda que as empresas deem aos funcionários o direito de uso racional da Internet para fins não profissionais no local de trabalho. Os e-mails e páginas com acesso para as necessidades pessoais podem ser parte de tal uso. Sobre redes sociais (LinkedIn, Facebook, Twitter, Myspace, etc.) as opiniões são muito diferentes. Tudo depende do lugar que ocupam na empresa (por exemplo, usar uma página do Facebook Fan, uma conta no Twitter para necessidades pessoais ou profissionais de negócios), o número de trabalhadores afetados pela sua utilização, grau de sigilo das atividades da empresa.

Para esclarecer o quadro para o uso destas novas ferramentas, a CNIL apela à adoção dos Termos de Uso para a Internet, que visa "educar os empregados ou funcionários públicos as exigências de segurança, para chamar a atenção para certos comportamentos que lesam o interesse coletivo da empresa ou da administração."

Escrever os Termos de Uso para as redes sociais

Estes Termos podem ser incorporados nos Termos de Uso da internet, ou em separado, se as regras de utilização das redes sociais na empresa forem muito específicas. Neste caso, eles serão divididos em três partes: Introdução (revisão dos valores da empresa e do direito de reserva), Carta (Parte com capítulos) e conclusão.

Aqui estão os títulos dos capítulos que aparecem frequentemente neste tipo de carta:


Uso adequado / inadequado das redes sociais: Esta seção define as regras para a utilização de base para todos os usuários da empresa no local de trabalho e fora dele. Ela lembra o dever de reserva dos empregados. Em sua carta (veja exemplos abaixo), a fabricante americana Dell afirmou: "O uso indevido dos meios de comunicação social é inaceitável. Isso inclui, particularmente: a publicação de conteúdo para denegrir a empresa em sites de compartilhamento de informações, a publicação de comentários difamatórios contra colegas ou clientes em fóruns ou blogs, e partilha de informação confidencial ".

Autorizações de comunicação em redes sociais: Atribuir autorizações para definir quais os profissionais / serviços na são habilitados para falar dela em seu nome nas redes sociais. Este capítulo também pode especificar quais plataformas devem ser utilizadas e em que contexto a comunicação deve ocorrer. Também pode indicar aplicações e plataformas sociais aos quais o acesso é bloqueado na rede corporativa, dando os motivos deste bloqueio.

Distinção entre o uso profissional e uso pessoal: um aspecto fundamental para a definição do uso de redes sociais na esfera profissional. Em sua carta de utilização das redes sociais, a agência de notícias Reuters (ver abaixo) recomenda aos seus empregados para criar dois perfis diferentes se eles usam contas Facebook e o Twitter: "Esperamos de nossos funcionários que eles apliquem regras para uso das mídia social em suas vidas profissionais diferentes daqueles aplicadas em suas vidas pessoais. " Reuters também recomenda que os seus empregados " minimizem a divulgação de informações pessoais no seu perfil profissional. Isto é possível ajustando as opções de partilha de informações sobre sua conta do Facebook, particularmente. Mas em qualquer caso, deve salientar-se que a legislação atual e que algumas informações confidênciais compartilhados na rede (difamação) podem justificar a demissão.

Proteção da propriedade intelectual: Este capítulo recorda o dever de confidencialidade a que estão sujeitos os funcionários, em matéria de informação, projetos, reuniões e outros da vida interna da empresa. Permite de estipular os limites do que pode ou não pode ser compartilhado em redes como o Twitter, Facebook ou LinkedIn, e dá recomendações para reduzir o risco de pirataria na exposição dos métodos da engenharia social (ao nível de informação para compartilhar,(Escolher, assegurar e gerenciar suas senhas)

Termos do uso e acesso a redes sociais: Neste capítulo específico pode evocar certas restrições e limites práticos, bem como o tempo semanal para uso pessoal de redes sociais que é autorizada pela empresa. Pode igualmente abordar as questões da mobilidade: em especial, como se comportar, se o usuário se conecta a partir de um ponto de acesso sem garantia (WiFi esporte quente em uma estação de trem, hotel, etc.)

Termos de Uso para as redes sociais e regulamento interior

O regulamento interior de uma empresa prevê as medidas de aplicação da regulamentação em matéria de higiene e segurança, e estabelece as normas relativas à disciplina. É obrigatório para empresas com mais de 20 empregados, mas também é aplicável em estruturas menores. Permite, por exemplo, apresentar a sanções disciplinares pelo não cumprimento de alguns pontos contidos na Carta de convenção de uso da internet na Internet.

Estas devem cumprir com as disposições do Código do Trabalho: na verdade, depois de serem submetidas à comissão de trabalhadores e o HSC (Comitê de Segurança da Saúde e do Trabalho), as Regras devem ser comunicadas à Inspeção Trabalho, que pode exigir a remoção ou modificação de determinadas cláusulas consideradas não conformes. Em todos os casos, as regras de procedimento, sujeitas a exigência de mostrar na empresa. (Isto serve para a França)

Modelos dos Termos de Uso para a internet e redes sociais

Muitas das grandes empresas já dispõem de uma Convenção das redes sociais:

Dell
Reuters
Intel
Cisco

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25. Última modificação: 16 de maio de 2015 às 08:19 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Escrever os Termos de Uso para as redes sociais', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.