Como vender e comprar equipamento fotográfico usado

Julho 2016


Porque comprar de segunda mão

Depois de alguns meses de economia, você comprou uma máquina fotográfica SLR nova mas, depois disso, você ainda não conseguiu juntar mais dinheiro. Você pode comprar uma objetiva nova de má qualidade ou, pelo mesmo preço, encontrar uma bem melhor. No entanto, você deverá ter um pouco de paciência, alguns endereços e certas precauções para não jogar o seu dinheiro fora. Segunda mão é uma ótima maneira de encontrar material mais barato, desde que você siga algumas regras simples para evitar golpes ou equipamento inutilizável: precauções, verificação do equipamento, preços atuais, modos de entrega e endereços, é óbvio.

Endereços interessantes

Veja alguns endereços interessantes para comprar material usado:
Sites de anúncios: Toda Oferta, OLX, DHM Express, clasf.com.br, Segunda Mão (Portugal)
Fóruns: Fórum Aves, Fórum Citroën.
Leilão: eBay.
Lojas: DHM Express, Citylab, BuscaPé, http://www.niobo.pt/shop/NIOBO.

Como saber o preço certo

Ao comprar material usado, sua expectativa é de que o preço seja inferior . Para isso, é preciso conhecer o preço do novo . Verifique os preços das lojas, principalmente nas lojas online, onde eles são mais interessantes. Não se esqueça de acrescentar o custo postal. Veja também os preços na Europa, para ter uma ideia dos preços mais baixos sem, por isso, usar este preço como argumento de barganha. Certamente, em Hong Kong ou nos Estados Unidos encontraremos os preços mais interessantes, de 20 a 30% mais barato do que na França, por exemplo. No entanto, este preço tem algumas desvantagens: nenhuma garantia do fabricante, altas taxas de transporte, atrasos e riscos de taxas de alfândega. Nada a ver com o equipamento usado que você pode comprar rapidamente e, quem sabe, com uma garantia. Então, baseie-se no preço das lojas online , depois de decidir o quanto quer gastar, dependendo da data da compra, do estado do equipamento, da garantia e da localização do vendedor.

Onde comprar material usado

Certas lojas propõem material fotográfico em ótimo estado. A vantagem é que a loja permite obter uma garantia (de 1 a 6 meses dependendo da marca) e um equipamento controlado por profissionais. Porém, esta opção tem uma desvantagem, o preço, pois, como a loja paga taxas, é normal que o ele seja mais elevado.
Sites de leilão: os preços são interessantes, começa com um preço baixo que aumenta gradualmente. Você deve definir o seu limite sem revelá-lo de imediato, especialmente se quiser comprar pelo menor preço.
Sites de anúncios: muitos artigos interessantes, preços às vezes subestimados ou, ao contrário, completamente desproporcionais.
Fóruns: certamente o melhor lugar para comprar material usado, desde que o site seja rigoroso quanto à gestão de seus anúncios, ou seja, os preços anunciados, tags nos títulos, etc. A vantagem é poder conversar publicamente, negociar, e saber onde é a venda, sem o risco de ver os preços aumentarem por qualquer motivo.

Pontos a serem verificados


Os pontos a serem verificados dizem respeito, principalmente, ao estado do equipamento. Neste caso também é preciso conhecer a data da compra, a garantia e a frequência de uso.
Quanto ao aparelho é preciso verificar o desgaste do aparelho, o estado do visor, a velocidade de disparo, o teste com uma ou mais objetivas em tempos de exposição diferentes e a vida útil da bateria (apesar de ser difícil de testá-la, na compra).
Quanto à objetiva , o estado das lentes, especialmente na parte da frente, a presença de fungos no interior (olhando através), o funcionamento da focagem automática, o estado do diafragma (fotografando a cada abertura) e o estado geral do barril da lente. Para uma compact, bridge, repita todos os testes vistos acima.

Precauções

Prefira comprar pessoalmente. É a melhor técnica para evitar golpes. Você pode ver e verificar o equipamento, falar com o vendedor e até conversar sobre o assunto, informalmente.

Preste atenção ao preço pois um preço baixo demais é, muitas vezes, sinônimo de fraude. Nem sempre é verdade, você pode encontrar bons negócios, mas trocar informações com o vendedor ajudará a verificar a autenticidade do anúncio.

Pagamento por Western Union ou mandato postal vendedor na África ou, às vezes, na Inglaterra, talvez seja um golpe, coisa comum nos dias de hoje, preços baixos, sem ser incoerente com o material. Para reconhecer um anúncio fraudulento, procure o nome de usuário, e-mail ou número de telefone do vendedor. Se você descobrir que ele vende uma grande quantidade de equipamentos de alta tecnologia em muitos sites, trata-se, provavelmente, de um golpe.

Pagamento por Paypal é, sem dúvida, muito prático, mas repleto de vendedores fraudulentos. São inúmeros os golpes com este tipo de pagamento.

Se você é obrigado a comprar à distância, pelo correio, por exemplo, verifique diversas informações que o ajudarão em caso de litígio: a identidade do vendedor (com cópia da carteira de identidade, se possível), o endereço do vendedor, número de telefone fixo e/ou celular e o histórico de seus anúncios. Você também pode pedir para ver algumas fotos do equipamento, que provarão que o vendedor detém, realmente, este material.

Peça ao vendedor para fazer uma carta de cessão, abrangendo os diferentes pontos de venda tipo data, identidades dos dois protagonistas (comprador e vendedor), material vendido e vários comentários.

Se você for um vendedor, tome cuidado com os pagamento e evite o Paypal. Se você vende à distância, espere alguns dias até que a soma apareça em sua conta bancária (entre 4 e 6 dias) antes de enviar o pacote.

Para os vendedores

Para vender depressa e bem, coloque uma foto de seu material. A foto deve ser clara e limpa para que o anúncio atraia o comprador. Detalhe bem o seu equipamento, a data da compra, a garantia, os estado geral e os defeitos ou marcas aparentes. Quanto ao preço, é sempre difícil estimar o valor do seu equipamento , então, verifique o preço de um novo e observe os diversos preços propostos por outros fornecedores. Uma técnica a ser usada é exagerar um pouco o preço e aceitar a barganha; desta forma, você deverá obter o preço que você está pensando em vender o seu equipamento. No entanto, não baixe demais o valor, só para manter a transação e não perder muito dinheiro. Concluindo, se você estiver pretendendo vender em breve, não espere o lançamento de um novo modelo da marca para não desvalorizar o seu. Preste atenção aos futuros lançamentos e programe a sua venda para antes do mesmo.

Feedback

Veja os bons negócios que eu pude fazer comprando material usado:
Sigma 10-20: em um fórum, entrega em mãos. -30% em relação ao preço de um novo.
Canon 28-70 f2.8L: em um fórum, entrega em mãos. 450 €, mas como o equipamento não era mais novo, me referi ao preço do novo modelo, a 1.000 €.
Canon 70-200 f4L: em uma loja, - 40% em relação ao preço do novo, bom estado, alguns vestígios de desgaste, mas com lentes impecáveis.
Canon 20 mm 2.8: em um site de anúncio. -50% em relação ao preço do novo. Excelente estado e envio pelo correio. Envio da objetiva antes do pagamento, o que é raro.
Canon 5D: através de um amigo. -50% em relação ao preço do novo, ótimo estado e confiança do vendedor.
Canon 30D: através do serviço Refurb de Canon, -40% em relação ao preço do novo. Material de demonstração em ótimo estado.

De um modo geral, a compra de "segunda mão" me permitiu encontrar um monte de objetivas e aparelhos em bom estado, além de um ótimo preço. No entanto, eu sempre tomei muito cuidado antes de concluir um negócio com os vendedores, sempre dando preferência à entrega em mãos. Muito cuidado com os vendedores afoitos que propõem preços baratos demais, e não deixe de pedir um número de telefone para uma operação à distância.

Fonte de imagens: Julien Achard

Veja também :
Este documento, intitulado « Como vender e comprar equipamento fotográfico usado »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.