Processamento cruzado com o Gimp

Dezembro 2016


O que significa processamento cruzado?


O tratamento cruzado é um processo de desenvolvimento que permite obter cores mais forçadas e uma dominante, bem presente. Isto não significa forçar a saturação das cores, mas sim, agir diretamente sobre o contraste das mesmas. Em argentico (prata), a operação consiste em usar uma química de desenvolvimento prevista para o negativo (C41) no inversível, mais conhecido como slide (E6). O efeito é imediato, mas também, aleatório: o contraste e a profundidade das cores, mas também, forte dominância em uma ou mais cores (vermelho, verde ou azul - RGB). Este toque aleatório, na realidade, depende de vários pontos: idade, conservação e tipo de filme e química utilizada.

Em digital, o princípio é jogar com cada curva de cor, forçando os contrastes e uma dominante. Cabe a você determinar a dominante que você quer forçar, e proceder em várias etapas para não ter um processamento cruzado exagerado.

A ferramenta "Curvas"


A ferramenta "Curvas" é aquela que vai fazer o processamento cruzado. Então, vamos forçar, devagarzinho, nossos contrastes, nossas cores e buscar a cor dominante que nos interessa.

Como acontece com qualquer trabalho de edição, a primeira coisa a ser feita é trabalhar em camadas duplicatas, ao invés do original. Com isso, podemos voltar facilmente, se errarmos o tratamento e ver, com um simples clique, o trabalho que foi feito. Para fazê-lo, vá na janela "Layer", à direita, e faça um clique, com o botão direito do mouse, em seu Layer> Duplicar o Layer.

Para acessar a sua ferramenta "Curvas" entre em seu menu seletivo (Arquivo, Editar, Selecionar, etc), em Cores, e clique em "Curvas" .

A curva dos vermelhos, verdes e azuis


Depois de abrir a ferramenta "Curvas", clique na aba "Vermelho". Faça um S com a sua linha, para contrastar a sua imagem. Faça o mesmo com o verde e o azul, ajustando o seu S, de acordo com as cores que você obtiver e do resultado final que você deseja. Você também pode exagerar o contraste ou as cores, nós veremos depois, como atenuá-lo com a dosagem de opacidade da camada.

A opacidade e o resultado final


Depois de modificar as curvas, você ainda pode melhorar, jogando com o conjunto da sua curva, em vez de uma só. Enfim, diminua a opacidade da sua camada caso encontre o processamento exagerado.

Para isso, selecione a camada que duplicou no começo dessa dica e no qual trabalhamos. Arraste o cursor de opacidade para a esquerda, se quiser que o efeito seja menos pronunciado .

No photoshop


Você pode reproduzir exatamente o mesmo efeito com o Adobe Photoshop graças à ferramenta "Curvas". Se você tiver uma versão recente do Photoshop (CS4-CS5), existe até um pré-ajuste chamado "Processamento cruzado", que simulará este efeito . Depois de abrir a ferramenta "Curvas", vá na aba onde está escrito "por padrão", e clique em "Processamento cruzado (RGB)". O resultado será, certamente, muito exagerado: como no Gimp, gerencie a dosagem, jogando com a opacidade da sua camada .

O resultado final é, muitas vezes, surpreendente e bem diferente das cores reais. É justamente o que buscavam os fotógrafos que utilizavam uma química diferente, prevista para outro suporte. O argêntico tem essa parte aleatória que podemos tentar controlar, digitalmente. Alguns vão achar o efeito exagerado, outros gostarão e vão até querer copiá-lo. As aplicações do iPhone, que simulam o efeito "Holga", "Polaroid", "Pinhole", etc, mostram o interesse de todos pelo efeito argêntico (prata) em digital.


Fontes de imagens: Julien Achard, Gimp, Adobe Photoshop.


Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também :
Este documento, intitulado « Processamento cruzado com o Gimp »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.