Sublimar seus olhos, da captura à edição

Janeiro 2017



O retrato é um exercício difícil: a pose, encontrar a luz certa, bater na hora certa ... O olho tem um lugar super importante, é ele que transmite uma emoção. Mas nem sempre é fácil de obter o resultado desejado. Muitas vezes, o fotógrafo enfrenta o problema do excesso de luz ou, ao contrário, pouca luz. Para encontrar o compromisso certo, ele deve ter muito cuidado com a luz, decoração e, especialmente, com o modelo eo excesso de brilho.

Luz



A luz é o elemento principal a ser trabalhado. É ele que vai determinar a iluminação do seu modelo, para que fique bem exposta, com poucas sombras, sobretudo em volta dos olhos. Em ambientes naturais, é quase impossível controlar a luz, a não ser que você tenha o equipamento certo: flash, caixas de luz, refletores. Vamos partir do princípio que você não tem todo esse equipamento. Veja onde se encontra a sua fonte de luz, o sol neste caso, e adapte-se ao ambiente. Escolha um fundo pouco iluminado, ou menos que o seu modelo, de modo que ele não atraia o olhar do espectador. Quanto ao seu modelo, evitar a luz solar direta: isto vai cegá-lo provocando o fechamento dos olhos e sombras desgraciosas (sombra do nariz nos lábios, por exemplo, da arcada sobre os olhos, e assim por diante).

Use o reflexo do ambiente que se encontra na frente do seu modelo: uma parede branca ou clara seria ótimo. Dentro de casa, utilize a luz natural vindo de uma janela. Fique de costas para ela e coloque o modelo de frente. No entanto, você não poderá obter o reflexo da janela nos olhos do seu modelo.

A pose


Nós não abordaremos todas as poses (em retrato) possíveis, mas apenas a que destacará os olhos: o olhar fixo face à lente da câmera.

Posicione a pessoa de frente para o muro que ilumina por reflexo. Não a coloque muito perto do seu fundo se quiser que ela se destaque. Faça o seu enquadramento e preste atenção a cada detalhe: o mimetismo da boca, sorriso, fale com o seu modelo para que ele fique mais descontraído, dirija-o de modo a obter o que você quer (alegria, tristeza, raiva, etc).

Para realçar os olhos, lembre, várias vezes, ao seu modelo de abrir os olhos. Todo mundo tende a fechar os olhos um pouco: apenas lembrando, sem realmente forçar, os olhos do modelo ficam bem mais visíveis.

Bata quando achar que poderá capar o melhor momento, não tire 50 fotos de uma vez: não só você terá a 50 fotos para organizar, que ocupam espaço, além de diminuir suas chances de conseguir uma boa foto.

Edição


Depois de bater sua foto, você conseguiu o que queria. Aí então, você poderá sublimar olhos em pós-processamento graças ao Photoshop, por exemplo. O objetivo não é mudar a cor dos olhos, tornando-se irreais, mas apenas clareá-los um pouco como se você tivesse usado uma fonte de luz adicional, somente nos olhos.
Basta usar a ferramenta "Densidade -" com uma densidade bem baixa, para agir por tentativa e erro..
  • Abra a sua foto, duplique a camada para trabalhar em uma cópia em vez do original.


  • Vá na sua caixa de ferramentas, clique com o botão direito do mouse na ferramenta que parece uma lupa preta (uma mão ou uma esponja, se uma dessas ferramentas foi usada antes). Selecione " Densidade ".
  • Fazer um zoom no olho do seu modelo: [CTRL] + [Alt] + [+] ou [ALT] + roda do mouse. Clique, com o botão direito do mouse, na sua imagem. Uma pequena caixa de diálogo aparecerá. Ajuste o diâmetro principal do tamanho de seu olho, até um pouco menor, para que não exceda sobre a pele. Coloque a densidade em 1%.
  • Com o seu mouse, clique no primeiro olho, ele deverá clarear. Clique várias vezes para obter o que deseja. Conte bem o número de vezes que você aplicou o efeito. Faça a mesma operação no segundo olho.



Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 30 de março de 2011 às 10:12 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Sublimar seus olhos, da captura à edição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.