Faça uma pergunta »

Adobe Première - Primeiros passos

Julho 2015


Introdução



Veja uma primeira abordagem ilustrada do Adobe Premiere, para que você possa montar um vídeo com este software, de maneira bem simples.

A versão utilizada nesta dica é a 1.5 Pro, mas a apresentação é semelhante em outras versões disponíveis, logo, o princípio de funcionamento é o mesmo.


Apresentação dos diversos elementos de trabalho (no Windows)

Execução do software


Depois de instalar a sua versão do Adobe Première, inicialize-o diretamente através do menu do programa de costume: Iniciar / Todos os programas / Adobe Première (sua versão)
Não há subdiretório no menu "Iniciar".

Depois da execução do software, ele te pedirá para abrir um projeto existente ou criar um novo projeto.

No nosso caso, como estamos descobrindo o Adobe Premiere, vamos criar um novo projeto.


Criação de um novo projeto:


Você verá que nesta janela será exibida a lista dos projetos recentes. Isso será útil para suas utilizações futuras.

Ao criar este novo projeto, você deverá configurá-lo.
No nosso caso, para simplificar as coisas, vamos escolher o formato de pré-configuração do DV-PAL, Standard 48kHz..

Este também é o formato exigido para a aquisição de clipes diretamente da câmara digital através do IEEE1394 (FireWire).

Nosso projeto será exportado neste formato sem perda de qualidade, o que requer uma grande quantidade de espaço do disco. No caso de você não ter um grande número de bytes disponíveis (500 ou 600 MB para 1 ou 2 minutos de sequência total), escolha a configuração "Vídeo para o Windows".

Pré-configuração padrão DV:


Nome a ser dado ao seu projeto:


Também é possível entrar em "Ajustes personalizados" para escolher o formato do "Vídeo para o Windows".

Este formato também funciona muito bem e corresponde ao formato de DVD, 25 quadros por segundo e uma imagem na proporção de 720 pixels por 576 pixels.

Nós não vamos entrar em detalhes sobre as configurações, escolha o padrão DV, que é o formato de aquisição mais difundido.

Organização do espaço de trabalho


Adobe Premiere reconhece automaticamente a sua exibição e se organiza de acordo. Você pode mudar totalmente este espaço de trabalho em função do seu equipamento ou do que você preferir.

Organização em tela simples:


Organização em tela dupla:


Vamos ajustar e adotar uma organização em tela simples, a configuração mais comum.

Depois de escolher seu espaço de trabalho, salve-o para obter a mesma organização numa reabertura posterior do seu projeto.

Você também poderá encontrar essa mesma organização de trabalho para outros projetos futuros.
Salvar a organização do espaço de trabalho com um nome que você escolher:


Nós escolheremos o título desta dica: "Primeira olhadela" (Première Approche).

A janela Projeto


Olhando para esta janela, você verá que a primeira aba tem o nome que você deu ao seu projeto.
A segunda aba "Efeito" inclui vários efeitos pré-configurados, efeitos e transições de áudio, efeitos e transições de vídeo.

Nós só trataremos aqui da primeira aba.

A janela Projeto, exibição padrão:


Nesta primeira aba "Première approche.prproj", você verá uma janela em miniatura, que te permitirá visualizar (em miniatura), os clips de vídeo que você importará para a sua sequência.

Vamos nos basear em uma sequência simples e chamaremos nossas importações, os clipes.
Em linguagem profissional, isso é chamado de "rushs".

Abaixo desta janela miniatura, há uma lista dos elementos presentes e futuros do nosso projeto.

Por enquanto, nada foi importado, logo, existe apenas uma sequência em branco (Sequence 01).

Um simples clique, com o botão esquerdo do mouse, permitirá que você visualize o resumo das propriedades (basta clicar no nome da sequência!). Essa sequência é a mesma que encontraremos na janela "Montagem".

Essa seqüência é o desenvolvimento do nosso filme completo.

Projeto janela, resumo das propriedades:

Importar seus clips (rushs)


Um simples clique, com o lado direito do mouse, na janela cinza e vazia te permitirá importar clipes de vídeo.

Estes clipes de vídeos (ou rushs), te ajudarão na montagem do seu vídeo,você carregará todos os clipes que você precisa para realizar o seu filme completo final.

Isso pressupõe que você já tem todos os elementos para realizar o seu filme completo, o que significa: se preparar e se organizar.

Os formatos suportados (dependendo dos codecs de vídeo instalados no seu computador):


Um clique, com o botão direito do mouse, na janela Projeto para importar e o clipe escolhido será inserido em "Sequência 01"


Você pode importar vídeos e imagens.

Barra de ferramentas


A barra de ferramentas, que pode ser reorganizada vertical ou horizontalmente com um clique, com o botão direito do mouse, no ícone do cavalo preto, permite obter as ferramentas mais comuns à disposição, imediatamente.

Ferramentas comuns tais como o Zoom, o Cutter, a Mão, a Seleção, etc ...


A barra de ferramentas em configuração vertical e horizontal:

A janela Monitor


A janela Monitor permite carregar e visualizar um clipe original, aqui, nós utilizaremos o logotipo Splash DivX.
Assim, nós o importamos para a nossa janela Projeto e a colocamos abaixo da "Sequência 01" da janela Projeto.

Para ver este clipe na janela Monitor, basta usar a ferramenta Mão, clicar no nosso arquivo importado para entrá-lo, arrastá-lo e soltá-lo no espaço esquerdo da janela Monitor.
A aba esquerda da janela Monitor agora leva o nome do seu arquivo de clipe (o logotipo divx.avi).

O trabalho no clipe pode ser feito na janela Monitor assim como na janela Montagem, mas esta última permitirá fazer um trabalho mais preciso.

A janela Monitor animada pelo logotipo DivX antes do início (Sequência 01 / Vídeo 1):


Depois de redimensionar e trabalhar o clipe conforme suas vontades, entre novamente o clipe da janela esquerda do Monitor, para colocá-lo na da direita (intitulada Sequência 01).

Seu clipe aparecerá, simultaneamente, na janela Montagem e na faixa Vídeo 1. Podemos observar que se trata de um clipe de vídeo sem som; então, não há faixa de áudio materializada e sincronizada com este clipe importado.

A janela Monitor aparece assim:

Janelas adicionais


Você também verá janelas adicionais.

Temos também uma outra pequena janela com a aba "Histórico"através da qual podemos voltar a qualquer estado do processo de nosso trabalho e isso, desde o início.

O pequeno cursor lilás, localizado à esquerda desta janela, permite escolher, de certa forma, o ponto de restauração a um momento "t" do nosso trabalho.

A janela Montagem


A janela de montagem permite efetuar um trabalho mais detalhado, tanto na montagem do conjunto, mas também em cada clipe (ou rushs) que você importou para realizar o seu filme final.

Esta janela vai nos permitir, através das três faixas de vídeo e das três faixas de áudio, compor o nosso filme propriamente dito.


A janela Montagem aparece assim:


Para fazer a montagem do nosso exemplo, vamos importar outro clipe.

Mesma coisa que antes, clicamos, com o botão direito do mouse, na janela Projeto, "Importar ...", escolhemos nosso clipe preparado anteriormente e ele se colocará, automaticamente, abaixo do nosso primeiro clipe.

Nós o introduzimos na nossa montagem com a ferramenta Mão para posicioná-lo na faixa de vídeo 2.
Na faixa de Vídeo 2, podemos adicionar uma transição de vídeo para juntar os dois clipes (rushs), também podemos completar a nossa sequência total com um cinza para preto.

Uma transição é adicionada, da mesma maneira que um clipe adicional, com a ferramenta Mão, você entra a transição selecionada na aba "Efeitos" da janela Projeto para incluir a faixa de vídeo de destino, no nosso caso, a faixa Vídeo 2, no início do nosso segundo clipe.

Nós posicionaremos a nossa transição do cinza para o preto no final do nosso segundo e último clipe, para completar a sequência inteira.

É melhor preparar esses vídeos com antecedência de modo a ter os efeitos desejados.
Um primeiro clipe dispondo já, por exemplo, de um cinza para preto para iniciar um filme.

Tratamento final


Pronto, terminamos a nossa montagem, agora só resta exportá-la no formato predefinido, ou outro formato de sua escolha, se você preferir a pré-configuração "Vídeo para o Windows ".


Lembrete da pré-configuração:
  • O formato DV exige um grande espaço de disco disponível, é um formato sem compressão e sem perda de qualidade.
  • A pré-configuração "Vídeo para o Windows" requer menos espaço de disco disponível e permite trabalhar diretamente em compressão de tempo real.

Conclusão


Agora você está pronto para conhecer o Adobe Premiere com mais detalhes ...

Informações adicionais


Histórico das versões atualmente:
  • Premiere 1.0 (Mac): Dezembro de 1991
  • Premiere 2.0 (Mac): Setembro de 1992
  • Premiere 3.0 (Mac): Agosto de 1993
  • Premiere 1.0 (Windows): Setembro de 1993
  • Premiere 1.1 (Windows): Fevereiro de 1994
  • Premiere 4.0 (Mac): Julho de 1994
  • Premiere 4.0 (Windows): Dezembro de 1994
  • Premiere 4.2 (Mac): Outubro de 1995
  • Premiere 4.2 (Windows): Abril de 1996
  • Premiere 4.2 for Silicon Graphics (UNIX/SGI): Julho de 1997
  • Premiere 5.0 (Windows e Mac): Maio de 1998
  • Premiere 5.1 (Windows e Mac): Outubro de 1998
  • Premiere 6.0 (Windows e Mac): Janeiro de 2001
  • Premiere 6.5 (Windows e Mac): Agosto de 2002
  • Premiere Pro 1.0 / Premiere 7.0 (Windows): 21 de agosto de 2003
  • Premiere Pro 1.5 (Windows): 25 de maio de 2004
  • Premiere Pro 1.5.1 (Windows): 1° de março de 2005
  • Premiere Pro 2.0 (Windows): 17 de janeiro de 2006
  • Premiere Pro CS3 (Windows e Mac OS X): 1° de julho de 2007
  • Premiere Pro CS3 v3.1.0 (Windows e Mac OS X): 18 de outubro de 2007
  • Premiere Pro CS3 v3.2.0 (Windows e Mac OS X): 8 de maio de 2008
  • Premiere Pro CS4 v3.3.0 (Windows e Mac): 23 de setembro de 2008



Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Adobe-premiere-primeiros-passos.pdf

Veja também

Adobe Première - Prise en main
Por franckccm em 16 de outubro de 2008
Artigo original publicado por franckccm. Tradução feita por pintuda.
Este documento, intitulado « Adobe Première - Primeiros passos »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.