A arborescência do sistema de arquivos do Linux

Dezembro 2016


Linux possui numerosos diretórios, e cada um deles tem papel.
(Nota: De uma distribuição à outra, estes diretórios podem ser diferentes)
No Windows, um arquivo é um arquivo.
No Linux, um arquivo pode representar : um arquivo, um periférico (porto, placa de som, ...), um programa em andamento, uma partição, etc. Todos os periféricos aparecem como simples arquivos nos quais se pode ler e escrever.
Alguns destes « arquivos » são locais, outros situados sobre outros computadores (ftp, ssh, NFS, partilha Windows...), nos drivers periféricos (disco rígido, Pen drive USB, CD-Rom...). Alguns são arquivos reais, outros arquivos virtuais (por exemplo /dev/sda que correspondem a um porto USB).

Cada um destes arquivos está situado em baixo da raiz /
(Linux não possui então unidades A: C: D: como Windows.)

O fato de que tudo se pareça em um mesmo sistema de arquivos é chamado Sistema de arquivos
(Unified Filesystem).


Eis o papel de certos diretórios:
  • /dev : É aqui que os periféricos, (reais e virtuais) são acessíveis (partições, discos, placas de som, portos SCSI, portos USB, etc.), mas no modo"dados brutos". Seguidamente é necessário utilizar programas para interpretar estes conteúdos (por exemplo, ao montar a partição /dev/hda1 no/mnt/hda1 para acessar os arquivos).
  • /mnt : geralmente é neste lugar que se acessa aos outros sistemas de arquivos (outras partições CD/DVD, USB, servidores de arquivos)
  • /media : Algumas distribuições montam os periféricos móveis neste lugar.
  • /var : Arquivos cujo conteúdo varia :-)
    • /var/log : Encontra-se aqui os logs dos diferentes softwares e servidores. Isto permite ver o que se passa quando alguma coisa não funciona.
    • /var/spool : Arquivos em tratamento (lista de impressão, mas em andamento...)
    • /var/tmp : Arquivos temporários (ver também /tmp).
  • /home : Cada usuário possui seu próprio diretório para estocar seus arquivos pessoais e a configuração dos programas.
  • /tmp : São estocados os arquivos temporários (arquivos criados durante o funcionamento dos softxwares e supressão no final). (Ver também /var/tmp)
  • /boot : São estocados aqui os arquivos de arranque do sistema (núcleo do sistema, etc.). Aqui encontram-se alguns arquivos de configuração (GRUB...)
  • /lib : São bibliotecas utilizadas por diversos programas (é o equivalente das DLL Windows). Por exemplo, libjpeg.so permite a todos os programas ler e escrever arquivos JPEG.
  • /sbin : Este diretório contém os programas sistemas e as ferramentas de administração (por exemplo as ferramentas que permitem formatar um disco).
  • /bin : Aqui são situados os programas utilizados por usuários e por administradores.

Links




Tradução feita por Ana Spadari

Veja também :
Este documento, intitulado « A arborescência do sistema de arquivos do Linux  »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.