A câmera híbrida

Dezembro 2016



Apresentação


A câmera digital híbrido é um compacto, com um sensor de grande porte, capaz de acomodar as lentes intercambiáveis. Enquanto que a maioria das câmeras compactas são equipadas com sensores do tipo 1/2,33 polegadas (4,8 x 6,4mm), o híbrido tem um sensor micro de 4/3 (13x17,3mm) polegadas.
Voltando ao o formato do compacto, simples e prático, o híbrido também foi inspirou no SLR e suas lentes intercambiáveis: qualidade óptica, grande abertura do diafragma, maior profundidade de campo.

Funcionamento


Do SLR, ele conserva as lentes intercambiáveis, mas não tem nem visor ótico (espelho interno acoplado ao prisma), nem foco automático de contraste de fase, para ganhar em espaço e peso.

As lentes intercambiáveis são, por enquanto, específicas à cada marca, as baionetas são adaptadas aos anéis do fabricante e só a eles. No entanto, há anéis adaptadores entre as marcas. Cada caso deve ser estudado, dependendo dos fabricantes.

A marca das óticas Zeiss anunciou que iria fabricar lentes compatíveis.

Outra vantagem do híbrido é a capacidade de separar completamente as configurações, enquanto que a maioria dos modos automáticos do compacto não pode ser alterada. Trabalhar em modo manual, prioridade de abertura e velocidade tornam-se disponíveis em uma pequena caixa.

Vantagens do aparelho

  • Fotografar com pouca luz é, provavelmente, o maior defeito de câmeras compactas. Ruídos digitais, suavização demasiada, contrastes aleatórios, o aumento do ISO em câmeras compactas tendem a frustrar os fotógrafos amadores. O híbrido, graças a um maior sensor e, consequentemente, células fotossensíveis maiores, pode tirar fotos de alta sensibilidade, minimizando a perda de qualidade. Obtemos assim uma maior sensibilidade de ISO.
  • As lentes intercambiáveis são o principal argumento que leva os proprietários de compactos a mudar para esse tipo de aparelho: obtém-se uma qualidade óptica muito superior ao que poderiamos ter com um compacto, mesmo de alta qualidade.
  • O tamanho menor em relação ao reflex também vai influenciar certas pessoas a trocarem para esses aparelhos, que têm lentes de qualidade.


Mesmo com muitas vantagens, o híbrido não é o concorrente direto do reflex que mostra a sua superioridade técnica: o desempenho do SLR ainda está bem além do que o híbrido propõe, graças às suas lentes de muito boa qualidade, um sensor maior e uma ergonomia apropriada para fotógrafos profissionais.

Marcas e modelos


  • Panasonic : Lumix G1, G2, GF1, GF2, GH1, GH2
  • Olympus : E-PL1, E-PL2
  • Sony : NEX3, NEX5
  • Samsung : NX10, NX11



Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também :
Este documento, intitulado « A câmera híbrida »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.