Mitos - Softwares baratos oferecidos por e-mail

Dezembro 2016


Mito


Existem ótimas ofertas na internet (por e-mail) para comprar softwares baratos.

Realidade


ERRADO. Você corre o risco de perder muito dinheiro.

Explicações


As ofertas de softwares muito baratos, que você recebe na sua caixa de entrada, categoria (spam), denominados em dólares, veem principalmente da China e dizem respeito a quase todos os softwares e sistemas operacionais, incluindo o Windows, propostos a preços imbatíveis.

Como os preços são livres, cada revendedor pode fixar seus próprios preços como quiser, cortando a sua margem de lucro.

 
  • Mas quem pode acreditar que um produto que vale US$ 399 possa ser vendido a US$ 60?


Basta consultar um site para comparar os preços para ver que nos sites de venda on-line, os descontos são de, no máximo, 20%.

Na melhor das hipóteses, são softwares piratas . Se você se deixar levar, você comprará um software em inglês, sem nenhuma garantia, e ainda correrá o risco de ter problemas com a justiça.

 
  • Mas também pode ser uma isca.


Os sites de tais ofertas, mesmo tendo um aspecto bem convincentes são, muitas vezes, armadilhas para cartões de crédito. Na melhor das hipóteses, você vai ser debitado e nunca receberá o produto encomendado. Pior ainda, o número do seu cartão poderá ser hackeado e reutilizado, sem que voxê saiba...Para completar, adicionemos o fato de você estar abrindo a porta a vírus e spywares.


O mais seguro é, com certeza, ignorar essas ofertas e excluí-las diretamente.... para não ceder à curiosidade de clicar no link que as acompanha


Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 13 de maio de 2011 às 07:51 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Mitos - Softwares baratos oferecidos por e-mail ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.