Criação de um Cdrom de boot no Linux

Dezembro 2016



Princípio


Emulação de um disquete de boot pelo kernel 2.6

Pré-requisito:

  • mkbootdisk_________versão 1.5.1
  • Cdrecord-Clone_____versão 2.01a28-dvd (i686-pc-linux-gnu)

Instalação

Preliminares


Abra um terminal console e faça o login "root" :
[jp@Mandrake tmpfs]$ su - 
Password:********* 
[root@Mandrake root]#
Determine a versão de seu kernel (noyau) graças ao comando "uname -r" :
[root@Mandrake root]# uname -r 
2.6.3-19mdk 
[root@Mandrake root]#

Criação de imagem


Agora passemos à criação de imagem (iso) de boot :
[root@Mandrake tmpfs]#  mkbootdisk --device cdbootdisk.iso -v --iso 2.6.3-19mdk 
Installing isolinux... done 
Copying /boot/vmlinuz-2.6.3-19mdk... done. 
Copying /boot/initrd-2.6.3-19mdk.img... done. 
Configuring bootloader... done. 

Size of boot image is 4 sectors -> No emulation 
[root@Mandrake tmpfs]#

Explicações :

  • mkbootdisk
    • O comando
  • --device </chemin/fichier>
    • A imagem de inicialização é criada no arquivo especial </chemin/fichier>. Si --device não é especificada, /dev/fd0 é utilizada.
  • cdbootdisk.iso
    • O nome do arquivo.
  • -v
    • Parâmetro para afixagem na tela do processo de criação da imagem.
  • --iso <kernel>
    • A versão de seu Kernel (núcleo)


Verifiquemos a criação do arquivo bem como seu tamanho (commande "ls -lh") :
[root@Mandrake tmpfs]# ls -lh 
total 2,0M 
-rw-r--r--  1 root root 2,0M mar 17 12:22 cdbootdisk.iso 
[root@Mandrake tmpfs]#

Gravura


Agora só falta gravar nossa imagem em um CD_r ou CD-rw. Para tanto nós vamos utilizar o comando "cdrecord".

Pequeno lembrete: desde a versão do núcleo 2.6, os gravadores não são emulados como periféricos "SCSI" como era o caso para o núcleo 2.4. Desta forma, nós não necessitamos recorrer ao comando "cdrecord -scanbus" para conhecer os parâmetros para passar para a opção "dev=" (que estava do tipo "dev=1,0,1"), mas basta dar o caminho direto de seu periférico, do tipo "dev=/dev/hdd".

Criação do CD


Para aqueles que desejam empregar um CD-rw, comecemos por apagar nosso disco :
[jp@Mandrake tmpfs]$ cdrecord dev=/dev/hdd blank=fast
O disco virgem, passemos para a etapa seguinte, a gravação de nossa imagem "iso" :
[jp@Mandrake tmpfs]$ cdrecord -v -dao speed=4 dev=/dev/hdd cdbootdisk.iso
Pronto, agora só falta rebootar nosso sistema, antes tomando o cuidado de colocar nosso CD no leitor apropriado e ter configurado o BIOS para bootar com o CDrom primeiro....


Tradução feita por Ana Spadari

Veja também :
Este documento, intitulado « Criação de um Cdrom de boot no Linux  »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.