Reativar os cores que faltam dos Athlon II & Phenom II X2 - X3

Novembro 2016


Transformar seu AMD Phenom II X2 ou X3 en Phenom II X4 : É possível !



É possível reativar as cores desativadas pelo AMD nas plataformas AM3 .
É possível transformar um Phenom II X2 ou X3 en Phenom II X4, um Athlon II X3 em X4 e um Sempron X1 em Athlon II X2. Esta função não é utilizável em todos os processadores : AMD vende mais de Phenom II X2 e X3 que de X4 e então uma parte dos processadores utilizam um core de Phenom II X4 completo, enquanto que alguns são baseados nos Phenom II X4 defeituosos.

Inicios de 2009, Asrock abriu o baile: Graças a um parâmetro no Bios, eles tornaram operacionais as reativações do core que falta de um Phenom X3. Seguidos de muito perto por Biostar, depois no Asus (proprietário de Asus) e dos outros grandes construtor. O último em data é MSI, que anunciou a validação do parâmetro em questão (Advanced Clock Calibration) nos Bios de sua produção AMD.

Aliás, é importante permitir esta manipulação com um máximo de sucesso. No Gigabyte, é possível reproduzir igualmente com um chipset Nvidis, mas com menos sucesso.

Um Athlon II não é uma exceção: se os Athlon II X2 são baseados em um DEI específico para dois núcleos, isto não é o caso do X4 X3 está com um núcleo desativado. Assim, é possível reativar o 4° núcleos. Cuidado, porém, apenas os chipsets para processadores AMD Série 8 (870, 880g, 890GX e 890FX) o permite.

No sumário: gras>


Demonstração


Configuração utilizada :

Placa mãe Asus M4A78-E (chipset 790GX)
Processador Phenom II X3 720 BE (Black Edition)
4 Go de memória
Windows 7


<gras>1-Característica do X3 720:



O X3 720 BE tem a particularidade de ter seu coeficiente multiplicador não bloqueado (14 de base). Ele possui também 6M° de cachê como o "grande "gros" Phenom II X4.




2-Instalação do ACC (Advanced Clock Calibration) no BIOS:

No nosso exemploi, com uma M4A78-E*, á preciso antes entrar na sessão "Advanced" do bios:
  • : Nos modelos mais recentes, ACC foi substituído por "UCC" (Unlocker Core Calibartion), alguns construtores, como Asus ou Asus ou Asrock propõem até mesmo um botão diretamente °implementado na placa mãe (Crosshair IV Formula por exemplo) ou a partir de uma combinação de tecla teclado (tecla "X" para o Asrock 890FX Deluxe3 por exemplo) para reativar os cores, sem necessidade de passar pelo BIOS com seus modelos.




Depois, menu "CPU Configuração":




O menu « CPU » configuração :


Colocar em "auto" (ou "Enabled", isto depende de seu Bios) a linha "Advanced Clock Calibration" (em certos Bios, pode ser marcado « configuração" no lugar de "calibre"


Salvar as modificações saindo do bios (tecla 10 em geral), isto basta na maior parte das placas mões dotadas desta função para ativar o 4° core.

Mas sobre aquela de nosso demonstração, é necessário entrar de novo no Bios, a validação do Advanced Clock Calibration faz aparecer um novo sub-menu no reboot seguinte (Unleashing Mode) , é a linha que vai validar a reativação do 4° core:

Passar no "Enabled" o parâmetro "Unleashing Mode":



Salvar de novo as modificações (F10)

3-As verificações, isto funcionou ? gras> :

De volta ao Windows, constata-se o aparecimento do 4° core no gerenciador das tarefas e CPUZ reconhece bem um Phenom II X4 (Core Deneb) sem precisar o modelo. Na nossa demonstração, o X4 assim « despertado » mostra ser um modelo 925 à 2.8Ghz.



<gras>4-Ir mais longe:


Na nossa demonstração nós vamos utilizar um Phenom II X3 720 "BE" em que o coeficiente multiplicador é desbloqueado. O que aconteceu com nosso X4 "despertado " ? Para saber, nós tentaremos passar p coeficiente para 15 (15x200=3000Ghz).

Vojamos o resultado no Bios :



No CPUZ :



BINGO !

Nosso Phenom II X3 720 BE é transforma em Phenom II X4 925 BE ! E para 3 Ghz, ele equivale à um Phenom II X4 945.

E tudo isto tomou menos de 10 mn.....

E se isso não funciona?


É possível que em certos casos em que p core reativado seja tão defeituoso que a placa mãe não possa iniciar .... depois ir para a bios para retomar o parâmetro ACC no seu valor padrão (ou Manu deficientes).
Não entre em pânico: basta reanicializar o bios e tudo vai ficar bem. Os fabricantes de placas-mãe tomaram a precaução de não fazer essa configuração ativada por padrão, o que permite retomar o controle facilmente.
Veja este artigo para saber tudo sobre o reset do BIOS: Reinicialização do BIOS

Conclusão


Tenha em mente que essa alteração não é possível sempre. É preciso primeiro que a placa-mãe suporte essa configuração. Também requer que o processador se adapte, porque nem todos poderão. Se comercialmente falando, os processadores Phenom II X3, são na verdade Phenom X4 cujo quarto coração executado é desativado, é provavelmente porque este último se revelou defeituoso durante a qualificação do teste do produto, Talves não seja possível reativá-lo e se for, pode ser muito instável. Isso é ainda mais verdadeiro no Phenom II X2.

Tradução feita por Ana Spadari

Veja também :
Este documento, intitulado « Reativar os cores que faltam dos Athlon II & Phenom II X2 - X3 »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.