Identificar o processador

Novembro 2017

Esta dica vai ajudar a identificar o seu processador. Ele é útil para saber com precisão a capacidade e as características técnicas deste elemento e, possivelmente, a sua configuração.


Como identificar o processador no Windows

Além da possibilidade de identificar o processador pelas definições do sistema no Windows, existem utilitários para ajudá-lo a conhecer melhor o seu material.

Propriedades do Sistema

Para conhecer o sistema de propriedades, clique em Iniciar > Painel de Controle > Sistema > Geral. Nessa guia, você verá aparecer o nome do seu processador, sua frequência de funcionamento típico e sua frequência real. Você também verá o total de memória RAM instalada no seu computador.

Outra maneira de exibir as Propriedade do sistema é clicar direito em Meu Computador (ou Computador para o Vista) e em Propriedades. Uma terceira maneira é pressionar, simultaneamente, as teclas Windows + Pausa para abrir a janela das Propriedades do Sistema.

Utilitário Cpu-Z

O Cpu-Z não exige instalação e permite identificar rapidamente seu CPU e fornece características técnicas como tensão, tipo de operação, administradores, quantidade de memória cache e informações sobre a placa-mãe, chipsets e memória RAM:



Como identificar o processador no Linux

O sistema de arquivos /proc

Você pode digitar cat/proc/cpuinfo.

Exemplo:

processor: 0  
vendor_id: GenuineIntel
cpu family: 6
model:15
model name: Intel(R) Core(TM)2 CPU 6600 @ 2.40GHz
stepping: 6
cpu MHz: 2393.974
cache size: 4096 KB
fdiv_bug: no
hlt_bug: no
f00f_bug: no
coma_bug: no
fpu: yes
fpu_exception: yes
cpuid level: 2
wp: yes
flags: fpu vme de pse tsc msr mce cx8 apic pge cmov clflush mmx fxsr sse sse2 constant_tsc up monitor
bogomips: 4825.12
clflush size: 64

’dmesg’ (diagnóstico de mensagem)

Digite dmesg | grep CPU.

Exemplo:

[    0.000000] Initializing CPU#0  
[ 7.665395] SLUB: Genslabs=22, HWalign=64, Order=0-1, MinObjects=4, CPUs=1, Nodes=1
[ 7.749733] CPU: After generic identify, caps: 0788a3bf 00000000 00000000 00000000 00000008 00000000 00000000
[ 7.750108] CPU: L1 I cache: 32K, L1 D cache: 32K
[ 7.750177] CPU: L3 cache: 4096K
[ 7.750475] CPU: After all inits, caps: 0788a3bf 00000000 00000000 00000140 00000008 00000000 00000000
[ 8.039007] CPU0: Intel(R) Core(TM)2 CPU 6600 @ 2.40GHz stepping 06
[ 8.157381] Brought up 1 CPUs
[ 8.772526] Switched to high resolution mode on CPU 0

dmiecode

O comando dmidecode vai fornecer informações sobre o hardware do computador, recolhendo informações no BIOS.

Para exibir as informações sobre o processador que utiliza a opção -t, --type TYPE. Para o processador TIPO vale4 (ver ‘man dmidecode’ para mais detalhes). O comando deve ser executado como administrador (root).

dmidecode -t 4

Exemplo:

# dmidecode 2.8  
SMBIOS 2.2 present.

Handle 0x0004, DMI type 4, 32 bytes
Processor Information
Socket Designation: Socket A
Type: Central Processor
Family: Athlon XP
Manufacturer: AMD
ID: 80 06 00 00 FF FB 83 03
Signature: Family 6, Model 8, Stepping 0
Flags:
FPU (Floating-point unit on-chip)
VME (Virtual mode extension)
DE (Debugging extension)
PSE (Page size extension)
TSC (Time stamp counter)
MSR (Model specific registers)
PAE (Physical address extension)
MCE (Machine check exception)
CX8 (CMPXCHG8 instruction supported)
APIC (On-chip APIC hardware supported)
SEP (Fast system call)
MTRR (Memory type range registers)
PGE (Page global enable)
MCA (Machine check architecture)
CMOV (Conditional move instruction supported)
PAT (Page attribute table)
PSE-36 (36-bit page size extension)
MMX (MMX technology supported)
FXSR (Fast floating-point save and restore)
SSE (Streaming SIMD extensions)
Version: AMD Athlon(tm) XP
Voltage: 1.6 V
External Clock: 133 MHz
Max Speed: 2000 MHz
Current Speed: 1800 MHz
Status: Populated, Enabled
Upgrade: ZIF Socket
L1 Cache Handle: 0x0008
L2 Cache Handle: 0x0009
L3 Cache Handle: No L3 Cache

Foto: © Péter Gudella- 123RF.com
Artigo original publicado por franckccm. Tradução feita por franckccm. Última modificação: 18 de outubro de 2017 às 12:06 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Identificar o processador', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.