Mapa do site (sitemap) consultável com o Navibar para o Firefox

Março 2017


FAZER UM SITEMAP

Esta é uma cópia do tutorial do autor: sylvain.sab.free.fr/html.php#sitemap (em francês)

Aviso: Este tutorial ensina como fazer um sitemap, não um googlemap. Se é isso o que você quer, existe o software gratuito YoodaMAP.

Em alguns sites, se você usar o Firefox equipado com a extensão Navibar, você já pode ver um mapa do site na barra lateral. Você acha isso muito útil, gostaria de compartilhá-lo com os visitantes do seu site, mas não sabe como fazê-lo? Não é muito complicado. Existem programas que fazem isso com apenas alguns cliques, mas eles são pagos.

Também não confie nas versões "para testar" destes softwares, a maioria tem restrições bastante severas (ex: sitemap pro: apenas 6 URLs!). No entanto, se você achar um software gratuito que faça isso corretamente, favor adicioná-lo nesta dica.

Você vai precisar abrir um arquivo chamado "sitemap.rdf" que você porá na raiz do seu site. Você pode criar este arquivo com o bloco de notas, mas é mais conveniente ter um software que colora e guarde o código como o PSPad editor. Se você não tiver esse software ou um similar, aconselho fazer o download. Além disso, ele é multi-códigos.

Depois de baixado e instalar o software, crie um novo arquivo de texto com o nome de "sitemap.rdf", depois abra-o com o seu editor. Você verá uma página em branco. Isso é normal por enquanto. Agora, vamos completar esta página. Primeiro, você deve especificar a versão do seu arquivo. xml, ou seja, a primeira versão. Escreva o código na primeira linha do seu arquivo.
<?xml versão="1.0"?>


Depois, indique o seguinte código: são vários endereços relacionados à validade do seu arquivo.
<rdf:RDF xmlns="www.w3.org/1999/02/22-rdf-syntax-ns#" xmlns:rdf="www.w3.org/1999/02/22-rdf-syntax-ns#" xmlns:map="www.oaklett.org/map/1.0#" xmlns:dc="purl.org/dc/elements/1.1/"> 


Você terminou a primeira parte. Agora vamos fazer o seu sitemap. Um sitemap é apresentado como uma árvore: as pastas contêm arquivos ou outras pastas.

Vamos mostrar o conteúdo do seu sitemap. Você não precisa indicar todo o conteúdo do seu site no sitemap, é você quem escolhe o que os visitantes poderão, ou não, ver. Você também pode colocar links externos (para outros sites) Você também decide sobre a organização das pastas e arquivos do seu sitemap:. ela não depende da organização do seu site.

A primeira parte do meu sitemap é:
<rdf:Description rdf:about="urn:sitemap:root"> 
<map:container> 
<rdf:Seq> 
<rdf:li rdf:resource="syl:home"/> 
<rdf:li rdf:resource="syl:oqueé"/> 
<rdf:li rdf:resource="syl:configurar"/> 
<rdf:li rdf:resource="syl:softwares"/> 
<rdf:li rdf:resource="syl:temp"/> 
[...]etc 
</rdf:Seq> 
</map:container> 
</rdf:Description>


O que significa tudo isso?

Não se preocupe. Isto parecerá muito mais fácil depois que você terminar de ler este tutorial.

Deixe-me explicar este código:

<rdf:Description rdf:about="urn:sitemap:root">


Esta linha é obrigatória para um sitemap. Ela indica o início da árvore e os elementos que ficarão no "primeiro nível" (digamos assim).

 
<map:container> 
<rdf:Seq> 

Indique o início do conteúdo do mapa do site (sitemap), do que os visitantes verão. Obrigatório também.

 
<rdf:li rdf:resource="syl:home"/> 
<rdf:li rdf:resource="syl:oqueé"/> 
<rdf:li rdf:resource="syl:configurar"/>


Significa: o elemento "syl:home" será exibido em primeiro, depois o "syl:oqueé", etc ...

Também é obrigatório, a não ser que você não queira botar nada no seu sitemap ...

</rdf:Seq> 
</map:container> 
</rdf:Description>

Indica o fim do conteúdo do seu sitemap. Obrigatório.

É agora que começa a ficar interessante. Eu falei de "elementos", agora vamos adicioná-los em seu sitemap. Exemplo, vamos indicar o conteúdo do elemento:
<rdf:li rdf:resource="syl:home"/>


É preciso colocar o código que dará o título do conteúdo e um link para a página correspondente.
O código

<rdf:Description rdf:about="syl:home"> 
    <dc:title>Ssylvainsab - Recepção</dc:title>  <dc:identificar>ssylvainsab.free.fr/index.html</dc:identificar> 
</rdf:Description>

Indica o conteúdo do elemento "syl:home"

Veja o significado deste código:

<rdf:Description rdf:about="syl:home">

Indica ao início de um elemento e diz: Este elemento é o elemento "syl:home".

<dc:title>Ssylvainsab - Início</dc:title>

Significa: O título deste elemento é "Ssylvainsab - Início"

<dc:identificar>ssylvainsab.free.fr/index.html</dc:identificar>

Indica a página para a qual o elemento é dirigido.
 
</rdf:Description>

Indica o fim do conteúdo do elemento.

Logo, o código:
<?xml versão="1.0"?> 

<rdf:RDF xmlns="www.w3.org/1999/02/22-rdf-syntax-ns#" 
        xmlns:rdf="www.w3.org/1999/02/22-rdf-syntax-ns#" 
        xmlns:map="www.oaklett.org/map/1.0#" 
        xmlns:dc="purl.org/dc/elements/1.1/"> 

    <rdf:Description rdf:about="urn:sitemap:root"> 
        <map:container> 
            <rdf:Seq> 
                <rdf:li rdf:resource="syl:home"/> 
            </rdf:Seq> 
        </map:container> 
    </rdf:Description> 

<rdf:Description rdf:about="syl:home"> 
    <dc:title>Ssylvainsab - Accueil</dc:title> 
    <dc:identificar>ssylvainsab.free.fr/index.html</dc:identificar> 
</rdf:Description> 

</rdf:RDF>


Significa: A versão deste arquivo é a versão 1.
O conteúdo do sitemap será o elemento "syl:home".
O título do elemento "syl:home" é Ssylvainsab - Início e é um link para a página ssylvainsab.free.fr/index.html

Obviamente, um sitemap com apenas a página inicial page não teria, praticamente, nenhum interesse. Assim sendo, você deve adicionar elementos.

Vamos ver aqui, como adicionar pastas ao seu sitemap. Por exemplo, queremos que o sitemap contenha a página inicial e uma pasta de fotos. Você deverá digitar o código:

[...] 
<rdf:Description rdf:about="urn:sitemap:root"><!--O início do sitemap--> 
    <map:container><!--O conteúdo do sitemap--> 
        <rdf:Seq> 
            <rdf:li rdf:resource="páginainicial"/><!--Mostrar em primeiro lugar o elemento "páginainicial"--> 
            <rdf:li rdf:resource="fotos"/><!-- Depois mostrar o elemento "fotos"--> 
        </rdf:Seq> 
    </map:container><!--Fechar o conteúdo do sitemap--> 
</rdf:Description> 

<rdf:Description rdf:about="páginainicial"><!--Este é o elemento "páginainicial"--> 
    <dc:title>Início</dc:title><!--O título deste elemento é "Início"--> 
    <dc:identificar>www.meusite.com/index.html</dc:identificar><!--Há um link para minha página inicial para este elemento--> 
</rdf:Description><!--Fechar o elemento "páginainicial"--> 

<rdf:Description rdf:about="fotos"><!--Este é o elemento "fotos". É uma pasta com minhas fotos--> 
    <dc:title>As fotos das Minhas Férias</dc:title><!--O título da pasta é "As fotos das Minhas Férias--> 
    <dc:identificar>www.meusite.com/fotos/index.html</dc:identificar><!--Há um link para a página das minhas fotos para este elemento --> 
    <map:container><!--O conteúdo do elemento "fotos"--> 
        <rdf:Seq> 
             <rdf:li rdf:resource="foto1"/><!--Mostrar a primeira foto em primeiro lugar--> 
            <rdf:li rdf:resource="foto2"/><!--Depois a segunda--> 
            <rdf:li rdf:resource="foto3"/><!-- Depois a terceira --> 
            <rdf:li rdf:resource="foto4"/><!--...etc--> 
            <rdf:li rdf:resource="foto5"/><!--etc--> 
        </rdf:Seq> 
    </map:container><!--Fechar o conteúdo da pasta--> 
</rdf:Description> 

<rdf:Description rdf:about="foto1"><!--Este é o conteúdo do elemento "foto1"--> 
    <dc:title>Eu na praia</dc:title><!--O título deste elemento é "Eu na praia"--> 
    <dc:identificar>www.meusite.com/fotos/ primeirafoto.jpg</dc:identificar><!--Há um link para a minha foto na praia neste elemento--> 
</rdf:Description><!--Fechar o elemento "foto1"--> 

<rdf:Description rdf:about="foto2"><!--Este é o conteúdo do elemento "foto2"--> 
    <dc:title>Eu no campo</dc:title><!--O título deste elemento é "Eu no campo"--> 
    <dc:identificar>www.meusite.com/fotos/segundafoto.jpg</dc:identificar><!-- Há um link para a minha foto no campo neste elemento--> 
</rdf:Description><!--Fechar o elemento "foto2"--> 

<rdf:Description rdf:about="photo3"><!--Abrir o elemento--> 
    <dc:title>Eu e meus amigos</dc:title><!--O título é "Eu e meus amigos"--> 
    <dc:identificar>www.meusite.com/fotos/terceirafoto.jpg</dc:identificar><!-- Há um link para a minha foto com meus amigos--> 
</rdf:Description><!-- Fechar o elemento--> 

<rdf:Description rdf:about="foto4"><!--Abrir o elemento--> 
    <dc:title>Meu cão</dc:title> 
    <dc:identificar>www.meusite.com/fotos/meucão.jpg</dc:identificar><!--foto do meu cão--> 
</rdf:Description><!--Fechar o elemento--> 

<rdf:Description rdf:about="foto5"><!--...etc--> 
    <dc:title>Eu</dc:title> 
    <dc:identificar>www.meusite.com/fotos/foto.jpg</dc:identificar><!--...etc--> 
</rdf:Description><!--etc--> 

</rdf:RDF> 
[...]


Veja o que o visitante vai ver ao visitar o seu site:
exemplo Navibar (em francês)

Se você não quiser colocar um link em uma pasta, basta colocar uma âncora (um sustenido) no lugar. Exemplo:
<rdf:Description rdf:about="fotos"><!--Este é o elemento "fotos". É uma pasta com minhas fotos--> 
    <dc:title>As fotos das Minhas Férias</dc:title><!--O título da pasta é "As fotos das Minhas Férias --> 
    <dc:identificar>#</dc:identificar><!--EU COLOQUEI UM SUSTENIDO, PORTANTO NÃO HÁ LINK ATRIBUIDO PARA ESTE LINK--> 
    <map:container><!--O conteúdo do elemento "fotos"--> 
        <rdf:Seq> 
             <rdf:li rdf:resource="foto1"/><!--Mostrar a primeira foto em primeiro lugar--> 
            <rdf:li rdf:resource="foto2"/><!--Depois a segunda--> 
            <rdf:li rdf:resource="foto3"/><!--Depois a terceira--> 
            <rdf:li rdf:resource="foto4"/><!--...etc--> 
            <rdf:li rdf:resource="foto5"/><!--etc--> 
        </rdf:Seq> 
    </map:container><!--Fechar o conteúdo da pasta--> 
</rdf:Description>


Você pode fazer tantas pastas e arquivos quanto quiser dentro das pastas que quiser. Em compensação, cuidado, não colocar acento ou outro caractere, exceto o "-" ou o "_" no seu arquivo, se não no local haverá um ponto de interrogação. Utilizar entidades (ex: é para é) ou codificar em ISO.


Pronto, você já sabe como fazer um sitemap. Saiba que existe um validador para este tipo de documento:
www.w3.org/RDF/Validator/

Se o seu documento for válido, veja o que deve aparecer:

"Validation Results
Your RDF document validated successfully."

Se o seu documento for inválido, verifique:
  • Se todas as tags estão colocados na ordem certa
  • Se você não esqueceu as aspas
  • Se você não tem um meio caractere inválido



Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda.
Este documento, intitulado 'Mapa do site (sitemap) consultável com o Navibar para o Firefox', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.