Criação de um comando no Linux

Janeiro 2017


O modo Unix/Linux não é sempre fácil de dominar. E, às vezes, para ter resultados, ficamos felizes de saber realizar um pequeno comando! Vejamos o que é um comando e como acontece!

/!\ Este artigo é válido também para os sistemas UNIX. /!\

O que é um comando?


Quando se inicia nos sistemas Linux, o vocabulário tem a tendência à desencorajar mais de um. Fala-se de comando Linux, mas « fisicamente » o que é um comando Linux ?
Muito simples. Trata-se de um arquivo executável (binário, script bash, python, perl...), que é lançado ao digitar seu patronímico e que é destinado à realizar uma ação precisa.

Onde estão estes arquivos ?


Os comandos de base de Linux (man, cd, ls, pwd, cp, mv, mount, umount...) são colocados inicialmente no diretório /bin no seu sistema. É a mesma coisa para Unix.
No entanto, os arquivos criados pelo usuário são colocados no /usr/local por razões de ergonomia.

Um script para lhe ajudar a iniciar


Certamente, um pouco perdido na partida deste novo ambiente, eis um pequeno script que você poderá editar como quiser para compreender os comandos com o editor de texto!
Para lançar o script, é preciso ser administrador, então root.
Depois de estar no menu principal, é com o teclado numérico que se orienta nos menus ao entrar o número do menu escolhido!

Conclusão


Para criar comandos Linux, ou Unix, basta escrever o código deste comando, de compilar, trata-se de um binário e de colocá-lo no /usr/local/bin. Não se esqueça de torná-lo executável com a+x arquivo.
Artigo original publicado por Kharec
Tradução feita por Ana Spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 3 de setembro de 2011 às 08:09 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Criação de um comando no Linux', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.