Overclockar sua placa gráfica

Maio 2017


Overclockar seu GPU


O objetivo deste artigo é o de ensinar aos usuários iniciantes em informática os meios de fazer um overclocking em um GPU.

Primeiramente, qual é o interesse de overclocker um GPU ?


A primeira razão pode ser unicamente a busca de desempenho para obter um escore elevado em 3DMARK06 ou outra bench. A segunda pode ser a de forçar sua placa gráfica para ganhar alguns preciosos FPS: um ganho médio de um 15 a 20% pode ser observado. Uma terceira razão seria a de resfriar a sua placa gráfica ou, por exemplo, fazer otimizar as performances da placa gráfica,



Algumas precauções

Garantia

É preciso dizer que overclock da GPU irá anular a sua garantia, sem exceção, mesmo em modelos de fábrica OC. Um modelo de fábrica de OC deve permanecer como neste OC e não ultrapassá-lo. A menos que você tenha um balde de cobre e de nitrogênio líquido, você não vai queimar sua placa de vídeo, é 99% impossível.

Esfriamento

Sim! Um overclock do GPU acarreta o consumo da parte de GPU e da memória dedicada (eu não falo da memória partilhada, os GPUs utilizam este tipo de memória não destinados ao OC). E, você deve saber que uma alta do consumo acarreta um aumento do alastramento térmico por efeito de Joule.

Examinemos os principais elementos cuja temperatura se elevará ao fazer um overclocking:

O primeiro elemento a aquecer demais é o GPU.
É preciso monitorar a temperatura de seu GPU. Ela pode subir a 100°C em carregamento e ficar nesta temperatura sem muitos danos (os GPU nVidia séries 200, 300 e 400 suportam até 105°C, mas seus componentes que se encontram na sua volta podem não apreciar este pequeno churrasquinho improvisado.
Outro elemento que aquece ao fazer um overclocking: os VRM (Voltage Regulator Modules) :
O estágio de potência do mapa, o VRM, às vezes é negligenciado pelos sistemas de refrigeração, que incide sobre o superaquecimento dos GPU: o superaquecimento pode provocar falha na placa gráfica. Infelizmente são poucos os softwares que exibem a temperatura ...
Se você decidir mudar o sistema de refrigeração original, lembre-se de selecionar um novo que leve em conta o resfriamento da VRM para um overclock sem problemas.

Três categorias de usuários vão, desde agora,ser criadas:

1) Eu não quero mudar a refrigeração, então eu me contento com um OC "razoável";

2) Estou pronto para mudar o sistema de arrefecimento (e, portanto, oficialmente explodir a minha garantia), assim eu teria um OC mais reforçado;

3) Eu quero integrar minha GPU para o meu circuito de watercooling: desempenho, bem-vindo para você!

Softwares

Antes de continuar este tutorial, é preciso conhecer alguns softwares :
Um para overclocker, outro de controle, e um de teste, para ver os resultados obtidos.
Para overclocker sua placa gráfica, o RivaTuner é um dos mais conhecidos. Ele funciona tanto para os GPU nVidia como para os ATI, mas infelizmente ele não é atualizado desde agosto de 2009:
RivaTuner

Baseado no Riva Tuner, mas com melhorias, eu aconselho o MSI MSI AfterBurner:

Afterburner

Inicialmente concebido para as placas gráficas MSI, ele funciona também para os outros, e permite aumentar a tensão do GPU (Core Voltage) na maior parte das placas gráficas atuais. Ele inclui uma tela de controle de temperaturas, frequência GPU/memória (reguláveis), velocidade do ventilador (reguláveis auto/curva ajustáveis) e tensão do GPU (regulável salvo exceções).

Outra ferramenta de controle:
GPU-Z

Para o teste, um dos mais estressantes para a sua placa gráfica é o FurMark:

FurMark

O overclock

Pronto, você está aprumado para uma série de torturas, em Saw para seu GPU.
Primeiramente, lance o software Riva Tuner. Assim que ele estiver aberto, clique no pequeno botão ao lado de Customize depois selecione o primeiro ícone.
Ative a opção Enable driver-level hardware overclocking. Depois selecione bem ao lado do perfil o Desempenho 3D. Se você não encontrar este último, não se preocupe.
Você encontrará neste endereço uma ilustração.

Pronto! Aumente em primeiro lugar a frequência do GPU 10 por 10. Você pode forçar para 20Mhz a mais que suas frequências de origem. Lance em seguida uma boa sessão de uma hora de FurMark (em modo Xtreme é claro!). Vigiar a temperatura com a opção Log Temperature localizada no alto à direita da janela FurMark.
Para além de 100°C, para-se tudo e baixa-se a frequência.
Quando parar? Quando seu PC travar ou que os artefatos (pequenas anomalias) apareçam na bola de pelo de FurMark.
Depois de encontrar a frequência máxima de sua GPU e a sua estabilidade estiver comprovada, faça o mesmo para a memória, e não se esqueça de sempre monitorar a temperatura, um aumento de temperatura de memória aumentando a temperatura do núcleo ao mesmo tempo.
Em seguida, teste o GPU e a frequência de memória de até cinco horas de FurMark ainda no modo Xtreme.

Se o seu PC não travar, você conseguiu!

Só para esclarecer: verifica-se que o overclock depende de fatores, completamente aleatórios como:
A qualidade do PCB
A pureza dos materiais utilizados para gravar o núcleo.

Quanto à qualidade do PCB, algumas marcas ainda têm uma sólida reputação, como Palit. Os NoName devem ser excluídos, os componentes de seus PCBs são na maioria das vezes de baixa qualidade..

Mas não generalize demais. Palit PCB pode ser ruim e PCB MSI, Powercolor e assim diante pode ser excelente! É só uma questão de sorte.

Esse procedimento pode ser usado em um laptop, mas o limite de overclock será muito mais rapidamente alcançado, devido ao rápido aumento na temperatura, por causa do confinamento.


Para informações mais específicas de acordo com sua placa gráfica, Nvidia ou AMD/ATI, você pode ler:

overclocking simple: placa gráfica Nvidia
Overclocking simple : placa gráfica AMD/ATI


Tradução feita por Ana spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 13 de outubro de 2016 às 05:29 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Overclockar sua placa gráfica', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.