Exposição

Janeiro 2017


Apresentação



A exposição é o produto de dois parâmetros: a iluminação, que é expressa em Lux, e a velocidade do obturação dada em segundos. A entrada de luz é gerida pela abertura do diafragma enquanto que o obturador determina o tempo de exposição.
Uma boa exposição também é dependente da sensibilidade. Em fotografia analógica, também chamamos de velocidade do filme (película), dada em ASA. Em digital, o padrão é o ISO: International Standard Organisation.

Funcionamento


A exposição depende principalmente da abertura do diafragma e do tempo de exposição.
  • A abertura é gerenciada pela sua lente, graças a um diafragma móvel que deixa entrar mais ou menos luz em sua superfície sensível (negativa ou sensor). Assim, quanto mais você abrir o diafragma, mais luz vai entrar.
  • A velocidade do obturador determina a duração da entrada da luz. Este é o obturador que funcionará por um tempo determinado. Quanto maior o tempo de exposição, mais ela será significativa.
  • A sensibilidade é dada em ISO. Quanto mais baixa, menos sensível é a superfície. Com 3200 ISO, você terá mais luz do que com 100 ISO.

Todos estes parâmetros podem se compensar entre si um ao outro para ajustar a exposição.

Medida de exposição


A medição da luz que entra é dada graças a uma célula fotoeléctrica localizada no visor. Ele dá uma indicação sobre a quantidade de luz. Depois disso, é a máquina que gere os diferentes parâmetros, se você estiver em modo automático.

Esta medida pode ser feita de diferentes maneiras, dependendo do assunto e do resultado que o fotógrafo quer obter.
  • Medida focada: mede uma área específica.
  • Medida central ponderada: mede toda a imagem, dando mais importância ao centro.
  • Medida seletiva: mede apenas o centro da foto.
  • Medida avaliativa: mede toda a imagem.
  • A correção da exposição: depois de medir, o fotógrafo pode optar por super ou subexpor a imagem. Este ajuste é feito por etapas, de 1/3 ou 1/2 o valor de referência. Por exemplo, uma correção de -1IL (ou EV) corresponde ao fechamento do diafragma para reduzir a exposição.

Exposição e Fotografia Digital


Hoje, o histograma está disponível na grande maioria das câmeras digitais. Sua exibição em tempo real durante a captura torna-o uma ferramenta muito eficaz para expor corretamente a sua foto.
Visível na tela do seu aparelho, ele vem na forma de um diagrama. A esquerda do gráfico dá o valor dos tons escuros (sombra) e a direita, os tons claros (destaques). Uma imagem com contraste será representada por um histograma com bordas altas.

Então, uma foto superexposta terá altos valores à direita, enquanto que as subexpostas, os valores ficarão à esquerda.



Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também

Publicado por pintuda. Última modificação: 26 de setembro de 2011 às 18:41 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Exposição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.