Denunciar

Correção de ponto e vírgula [Fechado]

Faça uma pergunta valeria - Última resposta em 24 Ago 2017 às 08:36 por jaqueline
Suellen, bom dia!

Para emissão deste relatório, se faz necessário acessar com a central de regulação que possui esse estabelecimento como executante. No caso, perfil : Administrador CMCE - "I Gerência Regional de Saúde Recife".

Qualquer dúvida, estamos à disposição!


Útil
+52
plus moins
O texto não está muito claro...
acessar com...
a construção da primeira fase não está boa, sinto muito.
Essa resposta foi útil para você?  
davi- 1 Dez 2015 às 13:43
Mentira tem perna curta
Ola, eu sou
Yasmin- 31 Mar 2017 às 19:54
Então seu dia chegou cada ano um texto miga eu queria te dizer que vc é muito especial para mim me fais sorri as nossas briga e de um minuto e para voltar falar são 5 segundos miga vc é super especial para mim vc no dia que noia se conheceu foi no show de uma pessoa que eu não lembro mais isso não faz parte da história quando agente se conheceu parecia que agente era amiga de infância agente brincou  sorriu piadas que só nois duas ia entender amiga vc tava ali para o meu dias triste e meus dias felizes vc me ajudou aca Da momento que eu precisava no nosso Carnaval foi um dia escreveu até no dia que a mulher jogou cerveja na gente meu Deus são muitas estória cada dia que se passa é um dia de felicidade do seu lado vc é muito especial para mim miga agente já pode escrever um livro hoje vc faz 13 anos comemorar com vc vai ser a melhor coisa miga eu nunca vou te esquecer pq vc fez parte da minha infância praticamente vc tem um lugar especial no meu coração vc pode ficar com ciúmes de Luiza e Maria Fernanda mais vc chegou primeiro elas duas tbm tem um lugar reservado no meu coração e vc tbm não precusa ficar com ciúmes pq vc tem um lugar mais especial miga parabéns miga que Deus te abençoe e ilumine eu to lembrando de cada momento bons que agente já tevê até no dia que agente tomou banho de camião de água so agente mesmo para ter essas ideias miga parabéns te amo amiga que vc passa o seu dia com felicidade com alegria ta bjs amiga te amo
Responder
maria- 13 Mai 2017 às 15:31
Desde o século XX, educadores, legisladores, estudiosos, instituições e governos emitiram opiniões sobre a formação de professores, a qual vem sendo alvo de discussões no sistema educacional de ensino por exigir novas mudanças, novas metodologias e novos olhares. No bojo dessa mudança, pensar o papel da escola em um mundo globalizado e, por que não dizer, digitalizado e multifacetado tornou-se imprescindível (GARCIA &SILVA, 2012, p. 123). Principalmente, para aqueles professores que já tinham suas formações firmadas em metodologias tradicionais, pois esses ainda sofrem impactos bem maiores para essa nova significação do ensinar e do aprender.
Diante disso, muito tem se refletido sobre a questão da educação e sobre qual passaria ser, de fato, sua função (GARCIA &SILVA, 2012, p. 123). Bem como tem sido um dos pontos críticos nas diversas pesquisas e estão no cerne do atual compromisso dos estudos da linguagem. Esse é um dos motivos pelo qual os professores vêm se preocupando no que diz respeito às práticas escolares – para adequar o ensino às transformações sociais e à pluralidade cultural- a articulação do ensino.
É por essa razão que esta pesquisa levanta questões sobre a importância da apropriação desses conceitos e dessas práticas na formação dos professores em pré-serviço do curso de Letras Inglês e suas literaturas da UNEAL. Tendo em vista que as possibilidades de apropriação das TDIC como prática de letramento não podem ser desconsideradas nos modos de aprender-ensinar diante de uma sociedade digitalizada.
Diante disso, os PCNs de língua estrangeira BRASIL (1998), orienta que, “a aprendizagem da Língua Estrangeira pode ajudar na educação linguística do aluno como um todo, aumentando sua consciência do fenômeno linguístico, e no aprimoramento de seu nível de Letramento” (p.34). E quanto ao uso dos instrumentos tecnológicos, os PCNs, apontam que,
o acesso às redes de informação possibilitado pelo conhecimento de língua estrangeira e os softwares disponíveis para o ensino de Língua Estrangeira. É inegável que aumenta cada vez mais a possibilidade de acesso às redes de informação do tipo Internet, como também as exigências do mundo do trabalho passam a incluir o domínio do uso dessas redes (BRASIL 1998 p. 87).

Assim, podemos dizer que esta orientação é indubitavelmente interessante para os professores de LE-LI, bem como deve ser levada em conta nos modos de fazer o pedagógico nessa sociedade digitalizada. Isso porque, o conhecimento de LE é crucial para se participar ativamente dessa sociedade em que, tudo indica, a informatização passará a ter um papel cada vez maior (PCN, 1998, p. 87). A esse respeito Warschauee (2000, p. 23-16), aborda uma série de motivos para o uso da internet no ensino de LI que são:
• o uso da língua em contextos autênticos e significativos;
• o incremento do letramento através da leitura, escrita e oportunidade de publicação na Internet;
• uma das melhores formas para se adquirir uma língua;
• a comunicação dinâmica, viabilizada por um meio flexível e multimidiático;
• o incremento da autonomia do aprendiz, já que o domínio dos recursos internetianos favorece uma postura mais independente e autônoma para futuros aprendizados.

Embasados nos motivos expostos, percebemos que a internet proporciona ao aprendiz de LI uma nova visão do universo o qual está se inserindo, tendo a oportunidade de interagir com o mundo através dos meios de comunicação. Ou seja, implantar as TDIC na educação é reconhecer as novas possibilidades de aprender e ensinar, bem como acompanhar os avanços da cibercultura, que segundo Lévy,
Pensar em cibercultura,consiste apenas em reconhecer dois fatos. Em primeiro lugar, que o crescimento do ciberespaço resulta de um movimento internacional de jovens ávidos para experimentar, coletivamente, formas de comunicação diferentes daquelas que as mídias clássicas nos propõem. Em segundo lugar, que estamos vivendo a abertura de um novo espaço de comunicação, e cabe apenas a nós explorar as potencialidades mais positivas deste espaço nos planos econômicos, políticos, cultural e humano. (1999, p. 11)

Mediante as palavras do autor, percebemos que o hábito das tecnologias está diretamente interligado aos jovens e o crescimento do ciberespaço atenta para varias formas de comunicação, coletivamente, a serem exploradas pelos os jovens, diferentes daquelas tradicionais.
Com relação a sua estrutura organizacional, a presente monografia está estruturada em três capítulos. O primeiro capítulo tem como intuito apresentar os princípios do Letramento. É dado ênfase aos múltiplos conceitos que o termo Letramento adquire, embasados em algumas autoras pioneiras no letramento no Brasil, dentre elas: Soares (2013); Tfouni (1995); Klaiman (2005), entre outros; Letramento e suas implicações para o ensino de língua na perspectiva dos estudos bakhtiniano, Tavares & Stella (2012), Brasil (1971), Bakhtin (1990); Efeitos da globalização no ensino de língua inglesa, kumaravadivelo (2006), Crystal (1997), Gómes (1990); Tecnologias e suas influencias na vida social e escolar, Blanco e Silva (1993), Kanski (2008), Lima (2006); Uso das TDIC: desafios e oportunidades, Lévy (1994), Moran (2006), Almeida (2015); Situação da formação dos professores em pré- serviço de inglês, Leffa (2011), Monte-Mór (2011), Araújo (2005); A formação crítico-reflexiva dos professores em pré-serviço frente às TDIC, Freire (1990), Monteiro (2001), Moran (2007), e, por fim, algumas considerações sobre Agencia do professor em pré-serviço, Jordão (2007).
O segundo capítulo busca descrever as metodologias utilizadas na pesquisa. Destaca os principais estudos referentes aos estudos em LA, em especial da teoria do Letramento e o uso das TDIC como prática docente, bem como as possibilidades de estudo sobre a formação de professores em pré-serviço no que diz respeito a suas futuras (ou presentes) práticas adotadas em sala de aula no ensino de LI. As informações sobre o contexto e os instrumentos da coleta de dados e sobre os colaboradores da pesquisa em pauta.
O terceiro capítulo segue os dados coletados fundamentado nas reflexões obtidas no primeiro capítulo, tendo em vista as abordagens do segundo capítulo. A análise está segmentada nas temáticas ilustradas anteriormente apresentando um diálogo entre as percepções dos professores em pré-serviço contribuintes com algumas teorias de interesse nos campos de estudo dos aspectos dirigido nesta pesquisa.
A seguir serão apresentadas as considerações finais, apontando os fundamentais quesitos que ajudaram para o acontecimento desta pesquisa, frisando a relevância de se discutir a formação do professor em pré-serviço de LI com base nas principais questões tidas nos estudos educacionais e linguísticos globalizantes. No que diz respeito ao processo de ensino/aprendizagem, o foco recai sobre a importância aos estudos interpretativistas que propiciaram a visão que constitue a formação de professores em pré-serviço de LI sobre a teoria do letramento com a inserção das TDIC como prática pedagógica.
Responder
Eu- 6 Jul 2017 às 08:40
Não entendi nada!
Responder
jaqueline- 24 Ago 2017 às 08:36
Os doutores irão receber um único e-mail com todos os boletos e nota fiscal por paciente.
Responder

Os membros recebem mais respostas que os usuários anônimos.

Quem é membro tem acompanhamento detalhado de suas perguntas.

Os membros têm direito a opções adicionais.

Você ainda não é membro?

Inscreva-se, é gratuito e não leva mais de um minuto!