Google Glass vira monóculo conectado

pintuda - 28 de novembro de 2015 - 09:38

Google Glass vira monóculo conectado

O Google acaba de mostrar uma patente de uma nova versão do Google Glass, um monóculo conectado.

O Google Glass continua a ser manchete. Depois de um primeiro fiasco, a empresa de Mountain View tinha prometido rever seus óculos conectados e propor um objeto mais atraente e, sobretudo, evitar um segundo fracasso. Uma nova versão parece estar surgindo. O Google registrou uma patente que acaba de ser validada pelo escritório americano de patentes. Segundo o documento, a nova versão do Google Glass terá uma tela e uma única haste. Em outras palavras, seria um monóculo conectado. A única haste desse novo objeto mantem-se bem e o usuário poderá ajustá-la como e onde quiser, como, por exemplo, na parte de trás da cabeça ou na orelha.

A patente contém outras informações interessantes. Ela menciona um prisma que poderia permitir que a tela única fosse vista por ambos os olhos. Ele também terá uma interface tátil que favorecerá a interação com o dispositivo. A haste poderia ter uma porta de entrada para oferecer uma nova função. Embora o Google dê várias informações sobre o seu monóculo conectado, o seu uso não foi especificado.

Só para lembrar, o gigante norte-americano parou de comercializar os seus óculos conectados em janeiro de 2015. Alguns meses depois, ele anunciou o Projeto Aura, um novo objeto dedicado aos profissionais, no qual, engenheiros do laboratório Amazon estavam trabalhando. Esse monóculo pode ser o resultado desses meses de pesquisa.

Foto: © Google.