Surface Phone pode salvar a Microsoft

pintuda - 31 de janeiro de 2016 - 09:51

Surface Phone pode salvar a Microsoft

Toda a estratégia móvel da Microsoft se baseia no próximo lançamento do Surface Phone.

Com seus recentes modelos Lumia 950 e Lumia 950 XL equipados com a última geração do sistema operacional Windows 10, a Microsoft queria reviver suas vendas de smartphones para estabelecer uma posição estratégica em matéria de dispositivos móveis. Mas o seu fracasso comercial relativo - com apenas 4,5 milhões de unidades vendidas - obrigou a gigante do software a mudar de tática. Agora é a vez do Surface Phone de dar esperanças para a Microsoft em termos de mobilidade.

O 4,5 milhões de Lumia vendidos foram insignificantes ao lado dos 81 milhões de smartphones da Samsung e 75 milhões de iPhones da Apple vendidos em 2015, de acordo com a Strategy Analytics. O OS Windows Phone caiu para 2,6% de quota de mercado em todo o mundo. No entanto, a Microsoft pretende lutar contra esses líderes do mercado. O CEO Satya Nadella quer se apoiar na plataforma Surface e obter o mesmo sucesso do último Surface Pro 4 e Surface Book. Em termos de integração de software e de hardware, esses produtos se tornaram uma referência interna. O objetivo é repetir este sucesso com um Surface Phone, que balançaria a Apple, quanto aos usuários high-end e o Android, quanto aos desenvolvedores de aplicativos móveis. Com base nos aplicativos universais rodando nos PCs, tablets, smartphones e objetos conectados, a Microsoft quer recuperar o controle, implementando seus próprios aplicativos como o Cortana ou o Word Flow no iOS e Android.

Em matéria de dispositivo móvel, a revolução poderia muito bem vir da Microsoft.

Foto: © iStock.