Avast detecta ransomware Hucky

MarinaShimamoto - 8 de novembro de 2016 - 18:39

Avast detecta ransomware Hucky

Novo sequestrador de arquivos é bem parecido com o Locky, que criptografa documentos e acrescenta a extensão '.locky'.

(CCM) — Recentemente, especialistas do laboratório da Avast detectaram um novo vírus semelhante ao Locky, ransomware que é responsável por criptografar os arquivos dos usuários e acrescentar a extensão denominada de '.locky'. Assim, a ideia do novo golpe que vem circulando na internet é confundir os sistemas de segurança ao criar extensões deste tipo.

O sequestrador de arquivos, identificado como Hucky, está, até o momento, restrito à Hungria, de acordo com os pesquisadores da companhia. No entanto, especialmente pelo grande potencial de proliferação de ciberataques, a ameaça tem altas chances de desembarcar, de forma rápida, em outros países.

Por esta razão, é fundamental que os usuários não abram documentos não solicitados ou de origem suspeita, seja nos softwares online de mensagens ou em arquivos de e-mails.

Por fim, o diretor da companhia Stity Tecnologia, Marco Rodrigues, orienta para que os internautas não só desativem as macros do Microsoft Office como não as habilitem em documentos de origem desconhecida. "Sem dúvida, manter também os backups atualizados já se mostrou uma atitude altamente eficaz, uma vez que é possível recuperar os arquivos sem pagar o resgate, tão logo os sistemas, diretórios e servidores de arquivos sejam desinfetados. Este cuidado de ser adotado todos os dias", finaliza Marco Rodrigues.

Foto: © Pixabay.
Siga o CCM Brasil no Twitter

Adicionar comentário

Comentários

Comentar