Brasileiro é segundo que mais desinstala apps

MarinaShimamoto - 16 de fevereiro de 2017 - 20:27

Brasileiro é segundo que mais desinstala apps

Pesquisa feita pela empresa AppsFlyer compara 13 países e coloca Brasil atrás apenas da Argentina neste quesito.

(CCM) — Levando em consideração 20 milhões de desinstalações de 500 softwares entre os meses de setembro e outubro do último ano, a companhia AppsFlyer divulgou relatório comparando 13 mercados, sendo que o Brasil apresentou uma das taxas mais altas do mundo, atrás apenas da Argentina.



No Brasil, em relação aos smartphones Android, a cada dois apps baixados um é desinstalado, o que representa 51%. Na Argentina este índice ficou na casa dos 54%. Sobre as outras nações avaliadas, os valores ficaram, em ordem crescente, da seguinte forma: EUA (31%), Indonésia (32%), Cingapura (32%), Malásia (33%), Alemanha (33%), Tailândia (34%), Índia (35%), Reino Unido (38%), França (39%), Rússia (48%) e, por fim, México (50%). Vale lembrar que a base de cálculo foi considerada tendo por base as instalações não orgânicas, o que significa as que tiveram estímulo por meio de campanhas de download.

Segundo a própria responsável pelo estudo, as taxas são maiores se comparadas aos mercados desenvolvidos, uma vez que estes possuem uma proporção mais significativa em termos de aparelhos com memória interna superior. Isto ocorre já que um dos principais motivos da desinstalação é a falta de espaço.

Para completar, a pesquisa apontou que os usuários de iOS desinstalam apps com menos frequência em relação aos proprietários de smartphones Android. Em média, enquanto nos equipamentos do Google o índice é de 33%, nos gadgets da empresa da Maçã o número passa para 16%.

Foto: © Denys Prykhodov - Shutterstock.com
Siga o CCM Brasil no Twitter
Adicionar comentário

Comentários

Comentar