Facebook no combate à vingança pornô

MarinaShimamoto - 6 de abril de 2017 - 16:56

Facebook no combate à vingança pornô

Ferramenta para caçar vingança pornô é implementada no Facebook, Messenger e Instagram.

(CCM) — O Facebook anunciou na quarta-feira (5) que vai implementar na rede social e no Instagram uma ferramenta para impedir que imagens íntimas sejam carregadas sem a permissão dos retratados. A ação visa denunciar atos de 'vingança pornô'.



De acordo com a empresa, após a denúncia, uma equipe fará o julgamento sobre as imagens divulgadas e assim impedirá que as mesmas sejam publicadas nas redes sociais. Além disso, a conta de quem publicou as fotos será bloqueada.

A rede social utilizará uma tecnologia de comparação de imagens para evitar que estas sejam compartilhadas por outras contas. Segundo o Facebook, quando alguém tentar compartilhar a foto, será avisado de que está violando as regras da rede social e que o compartilhamento foi impedido.

Para denunciar é fácil: ao ver a publicação que acredita ser uma vingança pornográfica é só classificá-la como 'imagem íntima não consensual'. Opção que está disponível na rede social desde o dia 5.

O WhatsApp, outro app controlado pela empresa de Mark Zuckerberg, não ficará fora por muito tempo. O chefe mundial de segurança do Facebook, Antigone Davis, afirmou que eles também buscando resolver o problema na plataforma de mensagens.

Foto: © Facebook.
Siga o CCM Brasil no Twitter
Adicionar comentário

Comentários

Comentar