Google tenta corrigir falha no Chrome

MarinaShimamoto - 17 de abril de 2017 - 20:05

Google tenta corrigir falha no Chrome

Phishing explorado por criminosos dentro do navegador da gigante de buscas pode estar com seus dias contados.

(CCM) — O Google começou a corrigir uma brecha bastante incômoda no Chrome. Ao que tudo indica, o phishing, uma das técnicas mais usadas por cibercriminosos para roubar dados de usuários, está sendo eliminado da versão beta do navegador.

O golpe, em que um e-mail ou site falsos induzem a vítima a entregar informações pessoais aos hackers, aparece constantemente na plataforma da gigante de buscas e, na maioria das vezes, os criminosos se aproveitam da brecha que o Chrome dá para atacarem os usuários.

A versão Chrome Canary chega com o intuito de romper essa barreira. A ideia da empresa é fazer com que a pessoa seja informada de que um determinado domínio foi traduzido usando punycode, um protocolo que traduz códigos. Com esse recurso, o hacker utiliza a mesma interface de páginas conhecidas e confiáveis para enganar os usuários e roubar informações pessoais e dados bancários, por exemplo.

Segundo o Google, a correção deve chegar à versão oficial do Chrome em breve, possibilitando que todos os usuários se tornem menos vulneráveis a esse tipo de ataque.

Foto: © tanuha2001 - Shutterstock.com
Siga o CCM Brasil no Twitter

Última modificação: 17 de abril de 2017 às 20:05 por MarinaShimamoto.
Adicionar comentário

Comentários

Comentar