Google cria medidas contra o terrorismo

MarinaShimamoto - 19 de junho de 2017 - 14:51

Google cria medidas contra o terrorismo

Empresa lança medidas que visam combater e contra-atacar atos terroristas dentro de suas plataformas online.

(CCM) — O Google anunciou no último domingo (18) que vai tomar iniciativas contra o terrorismo em suas plataformas. Segundo a empresa, quatro medidas serão adotadas no combate a atos terroristas, especialmente no YouTube.



De acordo com o texto da gigante de buscas, o problema é algo de proporção internacional e, por ora, nenhuma grande empresa de tecnologia conseguiu resolver de maneira satisfatória a situação. A companhia afirma que está criando um fórum internacional com outras gigantes da tecnologia, como Microsoft, Facebook e Twitter, para o desenvolvimento de estratégias com o intuito de dar suporte a empresas menores do setor.

Dentro do projeto está o aumento de recursos para identificar vídeos extremistas, investimentos em denunciadores independentes do YouTube, como ONGs que monitoram e detectam esse tipo de ação, a adoção de uma postura mais rígida contra conteúdos potencialmente odiosos e, finalmente, o trabalho em prol de uma medida de 'contra-atacar' os terroristas, que funcionará como uma espécie de redirecionamento de conteúdo quando a pessoa tentar acessar algum tipo de conteúdo não conveniente.

Os itens entrarão em vigor de forma gradativa, mas o Google não chegou a dar datas especificas para a aplicação de cada ação.

Foto: © Denis-Linine - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar