Brasil produz processador criptográfico

MarinaShimamoto - 28 de junho de 2017 - 20:18

Brasil produz processador criptográfico

INPI registra produção do 1º processador criptográfico no Brasil; ferramenta dará mais segurança às plataformas.

(CCM) — O Instituto Nacional de Propriedade Industrial do Brasil (INPI) emitiu o primeiro certificado de concessão de topografia de circuito integrado na área de segurança da informação. O documento foi liberado em maio deste ano e, com isso, o Cripto Processador Seguro (CPS) passa a ser um projeto de segurança a atingir níveis extraordinários.



O desenvolvimento contou com a parceria entre a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e a Kryptus Segurança da Informação. Além disso, o plano do Cripto Processador Seguro surge para dar voz ao setor, que até então não contava com nenhum processador nesse nível.

A novidade é voltada para aplicações críticas de segurança, como os casos em que é preciso confidencialidade de informações e proteção contra ataques cibernéticos danosos.

Vale lembrar que o lançamento é um mecanismo de segurança baseado em hardware, diferentemente das atuais plataformas de segurança que são fundamentadas em criptografia por meio de algoritmos implementados por software.

Foto: © Kryptus.
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo