CCleaner sofre invasão de hackers

MarinaShimamoto - 18 de setembro de 2017 - 21:45

CCleaner sofre invasão de hackers

Software comprado pela Avast sofre invasão e tem milhões de computadores comprometidos.

(CCM) — Uma versão do CCleaner, um dos principais programas de limpeza do computador, para Windows foi comprometida por hackers. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (18), pela Piriform, que é a empresa responsável pelo software.

Segundo informações da companhia, a ação foi limitada, o que não chegou a afetar todos os usuários. No entanto, é preciso que os clientes fiquem atentos para qualquer movimento suspeito, pois alguns computadores ainda podem estar vulneráveis.

A invasão destinou-se a edições específicas do software. São elas: CCleaner 5.33.6162 e CCleaner Cloud 1.07.3191 para 32 bits. Essas plataformas correspondem a 3% da base de usuários da empresa e, infelizmente, foram infectadas.

Ao que tudo indica, cerca de 2,3 milhões de máquinas tiveram a invasão registrada. O ataque, inclusive, permitia que uma pessoa não autorizada enviasse informações do computador para um servidor desconhecido e, com isso, era possível resgatar o nome do computador, além de uma lista dos softwares instalados e outras informações essenciais para a liberação do dispositivo.

Vale lembrar que a versão segura do CCleaner é a 5.34, porém, a instituição garante que mesmo com a invasão, nenhum dano foi causado. Além disso, a Piriform pede aos clientes que atualizem as versões de seus softwares, orientando também que os usuários do antivírus da Avast recebam o update automaticamente.

Foto: © welcomia - Shutterstock.com

Adicionar comentário

Comentários

Comentar