Métodos ágeis



O que são os métodos ágeis

Os métodos ágeis (AG - Agile Modeling) visam reduzir o ciclo de vida do software (e, por conseguinte, acelerar o seu desenvolvimento), desenvolvendo uma versão mínima e, em seguida, integrando as funcionalidades por um processo interativo para atender as necessidades do cliente e controlar todo o ciclo de desenvolvimento.

A origem dos métodos ágeis está ligada à instabilidade do ambiente tecnológico e ao fato do cliente ser incapaz de definir as suas próprias necessidades no início do projeto. O termo ágil se refere à capacidade de adaptação às mudanças do contexto e às modificações de especificações que atuam durante o processo de desenvolvimento.

Os princípios do Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software

Em 2001, um grupo de 17 pessoas, redigiu o Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software no qual expressaram os seguintes pontos principais: indivíduos e interações em vez de processos e instrumentos; desenvolvimento de software em vez de documentação exaustiva; colaboração com o cliente em vez de negociação contratual; abertura à mudança em vez de planos rígidos.

Graças a esses métodos, o cliente controla o seu projeto e consegue implementar o software mais rapidamente. Desta forma, o usuários poderá se participar das decisões desde a concepção do projeto.

Quais são os tipos de metodologias ágeis de projetos

RAD: Desenvolvimento Rápido de Aplicativos

O RAD (Rapid Application Development), definido por James Martin no início dos anos 1980, consiste num ciclo de desenvolvimento curto baseado em três fases: requisitos, design e construção. Seu prazo de entrega ideal é de 90 a 120 dias.

DSDM: Método Dinâmico de Desenvolvimento do Sistema

O método DSDM (Dynamic Software Development Method) foi desenvolvido para completar o que faltava no método RAD, oferecendo estrutura que considera o ciclo de desenvolvimento completo. Suas características principais são participação do usuário, desenvolvimento iterativo e incremental, frequência de entrega melhorada, integração de testes em cada etapa e aceitação dos produtos entregues, que vai depender diretamente do cumprimento dos requisitos.

UP: Processo Unificado

O método UP (Unified Process) é um processo de desenvolvimento iterativo e incremental. Isso significa que o projeto é dividido em fases mais curtas e uma nova versão incrementada é entregue ao final de cada uma delas. Essa abordagem é baseada no modelo UML (linguagem padrão para montagem da estrutura de projetos de software) para descrever a arquitetura do software (funcional, de aplicação e física). Esse modelo descreve as necessidades e as exigências dos usuários.

RUP: Processo Unificado Racional

O RUP (Rational Unified Process) é um método de desenvolvimento por interações, promovido pela empresa Rational Software, hoje propriedade da IBM. Ele propõe um método que especifica a composição das equipes e os cronogramas, assim como o número de modelos de documento.

XP: Programação Extrema

O método XP (Extreme Programming) define um conjunto de práticas que permitem desenvolver um software em boas condições, colocando o cliente no meio do processo de criação. Ele baseia-se nos seguintes conceitos: equipes de desenvolvimento trabalham diretamente com o cliente em ciclos muito curtos de uma a duas semanas; entrega das versões do software ocorrem muito rapidamente e em intervalos curtos para maximizar a interação com os usuários; equipe de desenvolvimento trabalha em colaboração total com base em binômios; código é testado e depurado ao longo de todo o processo de desenvolvimento; indicadores permitem medir o progresso do projeto para poder atualizar o plano de desenvolvimento.
Jean-François Pillou

Nosso conteúdo é produzido em colaboração com especialistas em tecnologia da informação sob o comando de Jean-François Pillou, fundador do CCM.net e diretor digital do Grupo Figaro. CCM é um site sobre tecnologia líder em nível internacional e está disponível em 11 idiomas.

Mais informações sobre a equipe do CCM

Veja também

Última modificação: 10 de outubro de 2017 às 08:33 por Pedro Muxfeldt.

Este documento, intitulado 'Métodos ágeis ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.