As linhas alugadas (T1, T2, T3)


As linhas alugadas

Chamamos linhas “alugadas” às linhas especializadas (notadas às vezes LS) que permitem a transmissão de dados a médio e elevado débito (de 64 Kbps a 140 Mbps) em ligação ponto a ponto ou multipontos (serviço Transfix).

Na Europa, distinguem-se cinco tipos de linhas, de acordo com o seu débito:

  • E0 (64Kbps),
  • E1 = 32 linhas E0 (2Mbps),
  • E2 = 128 linhas E0 (8Mbps),
  • E3 = 16 linhas E1 (34Mbps),
  • E4 = 64 linhas E1 (140Mbps)


Nos Estados Unidos, a notação é a seguinte:

  • T1 (1.544 Mbps)
  • T2 = 4 linhas T1 (6 Mbps),
  • T3 = 28 linhas T1 (45 Mbps).,
  • T4 = 168 linhas T1 (275 Mbps).

Qual é a necessidade de uma linha especializada?

Para obter uma conexão à Internet, é necessário, geralmente, pagar uma assinatura a um prestador Internet ou a um serviço em linha. O preço desta conexão depende da velocidade de transferência dos dados.

Veja também
Este documento, intitulado 'As linhas alugadas (T1, T2, T3)', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Receba toda semana o melhor conteúdo

Assine nossa newsletter!