A codificação RGB

Faça uma pergunta
Julho 2018

A codificação RGB

A codificação RGB (Red, green, blue, para Vermelho, Verde, Azul), criada em 1931 pela Comissão Internacional da Iluminação - CIO, consiste em representar o espaço das cores a partir de três radiações monocromáticas de cores:

Vermelho (de comprimento de onda igual a 700,0 nm),

Verde (de comprimento de onda igual a 546,1 nm),


Azul (de comprimento de onda igual a 435,8 nm).

Este espaço corresponde à forma como as cores são codificadas informaticamente, na maior parte das vezes, ou à maneira como os tubos catódicos das telas de computadores representam as cores. Assim, o modelo RGB codifica, em um byte, cada componente de cor, que corresponde a 256 intensidades de vermelho (28), 256 intensidades de verde e 256 intensidades de azul, isto é, 16777216 possibilidades teóricas de cores diferentes, ou seja, mais do que o olho humano pode distinguir (cerca de 2 milhões), embora, este valor seja apenas teórico, porque depende do dispositivo que as exibe.

Dado que a codificação RGB se baseia em três componente propondo a mesma gama de valor, ela é representada graficamente na forma de um cubo, onde cada um dos eixos corresponde a uma cor primária:

Representação gráfica da codificação RGB

Veja também

Última modificação: 30 de junho de 2017 às 13:30 por Pedro.CCM.

Este documento, intitulado '', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.

RGB coding
RGB coding
Código RGB
Código RGB
Le codage RGB (RVB)
Le codage RGB (RVB)
La codifica RGB (RVB)
La codifica RGB (RVB)

MKV
Padrão S-Video