iPad 1 - O aplicativo iBooks

Faça uma pergunta

O aplicativo iBooks


Por si só, este aplicativo é o que mais faz falar do iPad em relação a todos os outros reunidos. As "leituras digitais" (ou livros eletrônicos) conheceram muitos inícios estrondosos desde a década de 2000 para, muitas vezes, se apagar discretamente. Só há pouco tempo, surgiu um mercado viável, seguindo os avanços realizados nas técnicas de miniaturização, tecnologia das telas e desenvolvimento das redes. A chegada do iPad (após o Kindle, da Amazon) marca, claramente, o cruzamento de um marco importante para os leitores e para a indústria do livro...

Obter o aplicativo gratuitamente


O aplicativo iBooks não é instalado no iPad por padrão. Assim sendo, você deverá passar pelo App Store para obtê-lo.

Observação


Lembre-se que você deve posicionar a sua conta de usuário (e sua senha) do iTunes Store no aplicativo iTunes do iPad. Essa conta é então usada pelo iBooks e pelo App Store.

Localize o ibooks, pressione o botão de preço (que deve exibir "Free" ou "Gratuito"), e uma segunda vez para confirmar. A App Store volta para a janela principal, e podemos ver o download do iBooks (isso deve ser bem rápido).


Iniciando o aplicativo, você descobre uma interface gráfica que faz tudo para filar a metáfora da biblioteca: prateleiras de madeira clara e livros colocados nelas. Só falta o cheiro de tinta e papel! Para os menos poéticos, uma exibição por lista também está disponível: clique no botão do canto superior direito da janela, ao lado de "Editar".



Jean-François Pillou

Nosso conteúdo é produzido em colaboração com especialistas em tecnologia da informação sob o comando de Jean-François Pillou, fundador do CCM.net e diretor digital do Grupo Figaro. CCM é um site sobre tecnologia líder em nível internacional e está disponível em 11 idiomas.

Mais informações sobre a equipe do CCM

Veja também