Como fazer enquetes confiáveis

Realizar uma enquete pode ser útil para diferentes objetivos na empresa. Esta ferramenta pode ajudar a compreender melhor as expectativas do cliente e dos prospectos, a fazer um estudo de mercado antes do lançamento de um novo serviço ou produto, por exemplo. Antes é preciso estabelecer e definir aquilo que buscamos para obter resultados que sejam exploráveis. Fazer uma enquete confiável requer método e rigor. Dependendo dos objetivos desejados, é recomendável convocar profissionais para fazer esta tarefa.


O que é uma enquete

A enquete é uma ferramenta para obter uma amostra representativa do público. Este processo pode servir para diferentes propósitos. Muitas empresas o utilizam antes de lançar um novo produto (estudo de mercado), avaliando os sentimentos dos clientes sobre a marca ou seus serviços (enquete de satisfação) ou dos funcionários (internamente), avaliar o desempenho de uma campanha de marketing ou para simplesmente coletar dados.



Os resultados ajudam a empresa a melhorar seus serviços, descobrir se um produto atende às expectativas dos clientes ou iniciá-lo no momento certo. Se as respostas abundam, também pode ser uma maneira para a empresa melhorar o alcance de sua imagem de marca com comunicados de imprensa que reportam as respostas. Mas não é suficiente fazer algumas perguntas para obter as respostas que esperamos. O método de uma enquete confiável deve ser estrito e rigoroso.

A confiabilidade dos questionários online em questão

Hoje, estima-se que a maioria das enquetes online são tendenciosas: votos pagos ao público ou votos forçados (no YouTube, por exemplo). Por isso, a maioria das pesquisas online não são confiáveis. Os pesquisadores são obrigados a ajustar os resultados para torná-los viáveis. Eles são, portanto, tendenciosos desde o início, no próprio método.É possível elaborar uma boa enquete em tempo real, desde que você siga uma metodologia rigorosa. O formulário do Google, por exemplo, é um dos mais simples de configurar, e também, um dos mais abrangentes e confiáveis.

As principais etapas da pesquisa

Definir o objetivo

O que estamos tentando descobrir? Antes de desenvolver o questionário, o objetivo deve ser claramente definido para obter as respostas mais relevantes e para não perder o participante.

Definir a amostragem

Qual população deve participar? Seus clientes? Prospectos? O termo população refere-se a todas as pessoas cuja opinião é esperada. Esperamos a opinião do maior número de pessoas? Tudo depende dos objetivos definidos no início e do que estamos tentando saber, se estamos procurando, por exemplo, importar um iogurte italiano para o Brasil.


Para ser representativa de toda a população, a amostra deve ser constituída sob a forma de quota, com base nos seguintes critérios: sexo, idade, categoria sócio, aglomeração e área residencial e contar 1000 pessoas. Este é o número ideal para uma margem de erro relativamente baixa (margem de incerteza entre a amostra pesquisada e a população como um todo). Essa diferença é de 1,5 a 3 pontos por 1000 pessoas entrevistadas e é o equilíbrio ideal entre o requisito de precisão e a viabilidade prática da pesquisa.

Como deve ser o questionário

Perguntas abertas, fechadas, de opção única ou múltipla? É importante definir o modelo do questionário com antecedência. As perguntas abertas são aquelas que podem oferecer os resultados mais relevantes e mais ricos, mas as perguntas fechadas são as mais fáceis de tratar.


O ideal é poder obter respostas sinceras em pouco tempo e sem irritar a pessoa questionada. As perguntas devem ser breves e concisas, diretas, claras e neutras, e não muito numerosas. Elas vão do geral ao particular para serem cada vez mais precisas. Este é o método do funil. Idealmente, faça o questionário e teste-o internamente antes de lançá-lo.

Como processar os dados

Dependendo do número de dados pode ser particularmente demorado e tedioso. Se os resultados são ajustados para poder explorá-los e analisa-los, a enquete não terá valor. Por isso recomenda-se confiar a enquete à profissionais.

Quais são as soluções disponíveis para os profissionais

Ferramentas como SurveyMonkey permitem criar questionários online em versão gratuita ou premium enquanto o OpinionWay (em inglês) oferece enquetes adaptadas às necessidades do criador. Já o Ferendum é uma ferramenta simplificada e eficiente e o Doodle é interessante porque vem acompanhado de um tutorial.

Foto: © Pixabay.
Artigo original publicado por Delphine Lalande. Tradução feita por ninha25. Última modificação: 20 de fevereiro de 2018 às 13:03 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Como fazer enquetes confiáveis', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.
Digital Workplace: onde o trabalho independe do local físico
Impressora 3D: quais aplicações para os profissionais