Métodos e ferramentas para o brainstorming

Faça uma pergunta
Das reuniões de grupo emergem as melhores ideias para a empresa, seja resolver um problema seja encontrar novos caminhos. O brainstorming promove a criatividade dos funcionários, desde que eles o conduzam bem. Para evitar que as propostas acabem no lixo, a empresa usa métodos eficazes e ferramentas colaborativas para gravar, organizar e perenizar todas as boas ideias.


Quais os objetivos e vantagens do brainstorming

O Brainstorming - literalmente tempestade de ideias - consiste em apelar para a criatividade dos funcionários em um lapso de tempo limitado, para encontrar a solução para um problema, novos produtos ou novas perspectivas, ou ainda para definir o quadro de um novo projeto. Este é um método muito popular nas empresas para obter resultados em um mínimo de tempo, porque é coletivo num momento em que todos podem dar asas à sua imaginação e criatividade.

Como pôr em prática o brainstorming

Uma sessão de brainstorming geralmente segue o seguinte padrão:



Enunciado: determinação do tema e das regras;

Emergência e proposição de ideias: primeira fase do brainstorming com o registro sobre um suporte dos resultados (papel, post-it, quadro branco);

Julgamento defasado: segunda fase do brainstorming; depois do julgamento as ideias e proposições são avaliadas e classificadas;

Perenização das ideias e soluções: este último passo é crucial para a futura produção, realização, aplicação das ideias e soluções propostas durante o brainstorming.

Como é preparado e desenvolvido o brainstorming

“Aquilo que é bem concebido é anunciado claramente”, disse Nicolas Boileau no século XVII. Esta máxima é válida tanto para a fase preparatória como para a fase final de um Brainstorming.


Um líder de brainstorming (líder, gerente, colaborador) primeiro define o tema e o perímetro da sessão. Quanto menor o tempo (15 minutos no máximo), mais incentivo à criatividade.

O facilitador descreve o método e as regras: meios utilizados (imagem, ferramentas de colaboração), os temas a serem discutidos ou ao contrário à evitar, quando e tempo de fala cada participante.

Visando a eficiência e para não quebrar a criatividade, Alex Osborn, o guru do brainstorming, diz que o melhor é evitar críticas durante a fase de emergência de ideias.

Quais são os métodos

Na primeira fase, quando são colhidas as ideias, o método Metaplan é frequentemente usado. Consiste em colocar ideias em post-it e classificá-las por categorias de respostas: alavancas, vantagens, freios e riscos. Cada participante se levanta para colar suas ideias em um quadro. O Mindmapping é um conceito baseado no princípio do organograma. As ideias são logicamente organizadas como cartões ou árvores de ideias. A vantagem do diagrama é que ele permite visualizar as conexões entre as ideias indicadas durante uma reunião de brainstorming para prioriza-las.

Quais são as ferramentas colaborativas disponíveis

Vários tipos de ferramentas colaborativas tornam possível guardar, compartilhar e assim perpetuar as ideias trocadas durante o brainstorming.

OneNote

OneNote é uma ferramenta de colaboração que vem com o pacote Microsoft Office. Ele se apresenta como uma página do Word, com os mesmos recursos básicos. Permite registrar e organizar todas as ideias como bloco de notas por seções, página, subpágina etc.

Google Docs

Entre as ferramentas colaborativas para a empresa, o Google Docs está cada vez mais populares, especialmente pela simplicidade e acessibilidade. Ele permite que você compartilhe arquivos do Word ou planilhas do Excel online com a totalidade ou parte da empresa ou clientes.

MindManager

MindManager é a ferramenta mindmapping por excelência. Com funcionalidades muito estendidas é uma solução completa que vai muito além do brainstorming.

Klaxoon

Klaxoon é uma ferramenta baseada em jogos. Através de atividades simples e divertidas a ferramenta gerencia projetos de forma muito ampla ao integrar questionários, pesquisas e brainstorming. As redes desenvolvidas pela Klaxoon abrem espaços para trabalhos colaborativos dedicados a essas sessões.

Foto: © Pixabay.
Jean-François Pillou

Nosso conteúdo é produzido em colaboração com especialistas em tecnologia da informação sob o comando de Jean-François Pillou, fundador do CCM.net e diretor digital do Grupo Figaro. CCM é um site sobre tecnologia líder em nível internacional e está disponível em 11 idiomas.

Mais informações sobre a equipe do CCM