Afiliação, parceria e publicidade: como monetizar um site

Sites de notícias ligados à empresa, blog de desenvolvimento pessoal, blogs especializados... quando um suporte tem boa visibilidade na internet, a questão pode surgir para indivíduos e profissionais: Como monetizar seu site? Existem várias maneiras de tornar um site rentável, como a afiliação, a publicidade e os artigos patrocinados. Quais são as suas características? Como escolher a solução mais adequada e como implementá-la?


Quais são os desafios para monetizar um site

Monetizar um site consiste em implementar soluções que permitem tirar uma vantagem financeira. Isso pode se referir tanto a um blog (desenvolvimento pessoal, compartilhamento de experiência e especialização), quanto a um site de notícias ou um site comunitário.



Os objetivos para o editor do site podem ser variados, como: pagar a hospedagem e o nome de domínio do site; rentabilizar o tempo gasto animando um site; obter lucros para garantir uma atividade complementar, etc.

Essas soluções também podem ajudar a atender a demanda de uma empresa ou marca, que gostariam de se beneficiar da reputação de um site para falar sobre seus próprios produtos.

Dicas para monetizar um site

A implementação de campanhas de afiliação, publicitárias ou artigos patrocinados não pode deixar que percamos de vista a importância do público e/ou da comunidade online. Em alguns casos, o público pode se sentir prejudicado pela propaganda: exibição muito frequente, banners e artigos patrocinados não assinalados, etc.


Algumas boas práticas podem ser observadas:

Assinalar à comunidade a implementação de campanhas publicitárias (editorial, artigo dedicado, etc.);
Reservar um espaço dedicado para a publicidade, de modo que o conteúdo editorial e o conteúdo publicitário sejam separados;
Verificar o conteúdo dos anúncios no caso de usar uma agência (de publicidade (ex: conteúdo para adultos).

Qual é o impacto do SEO e suas vantagens

O tráfego do site tem um impacto direto na receita gerada:


Um público forte significa mais visualizações de anúncios online;
Espaços publicitários e artigos patrocinados podem ser vendidos mais caros quando o tráfego é forte;
Um público-alvo pode levar a uma maior taxa de cliques nos produtos propostos em parceria.

Observação: no caso de compras de links patrocinados para um site externo, é aconselhável verificar o posicionamento do site e seu conteúdo para evitar um efeito negativo em seu próprio SEO.

Para saber mais como otimizar o SEO do seu blog Wordpress, leia esta dica.

Soluções para monetizar um site

Publicidade

Esta é uma das formas mais rápidas a serem implementadas para monetizar um site. É também aquele que gera menos receita. Várias plataformas são especializadas na gestão de campanhas publicitárias em um site ou blog. Elas intervêm como intermediárias entre o editor do site e o anunciante.

Para usar esta solução, você deverá cadastrar-se em uma plataforma do tipo AdSense (Google) ou Criteo; configurar sua conta preenchendo o URL do site e o tipo de conteúdo proposto. Após a validação, as campanhas publicitárias podem ser integradas em blocos de anúncios e banners, colocados em páginas ou artigos. O pagamento é calculado por clique (CPC) ou pelo número de impressões (CPM).

É possível recusar determinadas campanhas publicitárias (por exemplo, as de um concorrente direto). O anunciante também pode decidir não aparecer no site.

Os anúncios propostos são muitas vezes próximos do tema do site e também usam as técnicas de retargeting publicitário.

Afiliação

A afiliação refere-se a uma parceria entre um anunciante e o editor de um site. O anunciante tem um produto para vender e o editor o promove em seu site, por exemplo, através de um espaço publicitário reservado. Para cada venda ou contato realizado pelo site, a editora recebe uma comissão.


Várias plataformas se especializaram na implementação deste tipo de parceria, como a Affilinet, Zanox, TradeDoubler, etc.

Os modos de pagamento podem variar dependendo das condições, como:

A remuneração na compra: ela assume a forma de uma comissão sobre a venda, que pode chegar até 10% do seu valor;
A remuneração no formulário: valor fixo por uma ação específica de um usuário (registro em um formulário, por exemplo);
A remuneração por clique: valor fixo para cada clique do usuário no banner.

Este modo de parceria tem várias vantagens para o editor e para o anunciante: a parceria pode ser adaptada ao tipo de conteúdo proposto no site; ambas as partes podem optar pela exclusividade do conteúdo; enquadrado por uma plataforma de parceria, ele está sujeito a regras de funcionamento rigorosas para ambas as partes; e a taxa de cliques é controlada, assim como a remuneração.

Observação: alguns comerciantes online também oferecem uma parecria direta; os usuários podem participar do programa da marca. Este é o caso da Amazon.

Artigos patrocinados

Um artigo patrocinado é uma postagem de blog escrita pelo proprietário do site, a pedido de uma empresa ou marca que paga por ela. Em geral, o artigo segue a mesma linha editorial do site em que está hospedado. Na realidade, para a empresa, trata-se de segmentar o público geralmente visado pelo blog.


O artigo patrocinado é publicado em um contexto específico, onde o leitor deve ser informado sobre sua natureza publicitária por uma menção do tipo artigo patrocinado. Esta abordagem deve ser respeitada para não perder a confiança do público.

Ele pode ser objeto de uma transação direta entre a empresa ou a marca e o editor, ou por meio de uma agência de publicidade. Algumas agências de relações públicas também usam artigos patrocinados como meio de comunicação para um público específico.

Saiba mais

Links patrocinados e a publicidade online.

Foto: © Pixabay.
Artigo original publicado por Carlos-vialfa. Tradução feita por pintuda. Última modificação: 28 de fevereiro de 2018 às 06:30 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Afiliação, parceria e publicidade: como monetizar um site', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.
Como se dar bem com as redes sociais de empresa nas feiras comerciais
Como usar o Workplace by Facebook para a sua empresa