MP3 - FLAC: como detectar upscaling

Um MP3 com uma amostragem de 320 Kbs tem realmente 320 Kbs? Nem sempre, isso vai depender do arquivo fonte ou da codificação no início.


Exemplo

Vejamos um arquivo de áudio no formato MP3, codificado em 128 kbs e com um software como o Audacity. Vamos codificá-lo em 320. O arquivo ficará mais pesado, ele será identificado em 320 kbs, mas a sua qualidade não será igual a 320 kbs. Como a conversão consiste em remover pequenas partes da sua música, você verá que nenhum software de conversão poderá reconstruí-las.


É por isso que, em geral, o arquivo de origem é pesado como o formato WAY, por exemplo, e depois codificado. Mas se não mantivermos o arquivo fonte, não teremos mais esta qualidade de amostragem.

Por outro lado, quando salvamos/exportamos um arquivo com um editor de áudio, há muitas vezes, em opção de amostragem, todos os formatos de 64 kbs, 96 kbs, 128 kbs, 320 e, seja automático ou padrão, uma função que permite exportar o arquivo no formato da fonte. Ou seja, se for um 128 kbs, ele irá exportá-lo automaticamente em 128.

Como verificar a frequência de amostragem

Não se esquecer de verificar a taxa de frequência em kHz.

Se você converter um arquivo de 320 Kbps para 128 Kbps, tente não perder a qualidade, mantenha a frequência original. Caso contrário, você diminuirá o tamanho do seu arquivo MP3 e a qualidade, em uma escala maior do que mudando a taxa.

Para entender direito, lembre-se que a taxa se baseia em uma frequência de amostragem
Frequências de amostragem (Hz)Taxas (Kb/s)
48000 320, 256, 224, 192, 160, 128, 96, 64, 32
44100 320, 256, 224, 192, 160, 128, 96, 64, 32
22050 320, 256, 224, 192, 160, 128, 96, 64, 32
11025 320, 256, 224, 192, 160, 128, 96, 64, 32

Conversão: perda de qualidade

Saiba que cada conversão, seja ela qual for, sofre perdas de qualidade, pois o software utilizado não aplica as modificações à sua música, ele a codifica completamente, mesmo se o seu arquivo for convertido de 128 Kbps para 128 Kbps.

Como analisar a detecção do spectrum upscaling (sobre-amostragem)

Baixe o Spek. Você pode usar o Spek para analisar o espectro (registro da dispersão), que é um software leve, gratuito e muito útil. Ele permite analisar o espectro de uma música para detectar se o arquivo não foi danificado por codificações diversas. Ele é usado para verificar se um arquivo não é de uma fonte de qualidade inferior como um MP3 de 320 kbps, por exemplo, mas também para os formatos CBR: 128, 256, 320 kbps, ou (taxa de bits variável). Isto é válido para o formato WAY e formatos compactados como o FLAC e o MP3, e todos os formatos de áudio. Isso é chamado de upscaling.

Veja um exemplo com o mesmo arquivo, que é baseado em um formato FlAC de 16 bits:

ARQUIVO FONTE: FLAC 16bits (1411 kbps CD):


MP3 CBR - 320 kbps:


MP3 CBR - 256 kbps:


MP3 CBR - 192 kbps:


MP3 CBR - 128 kbps:


MP3 CBR - 64 kbps:


MP3 VBR - estimate 160 kbps:


Exemplo de upscaling

Caso extremo de conversão do mesmo arquivo em MP3 64 kbps codificado em 320 kbps:

MP3 CBR - falso 320 kbps:


Para você ter uma ideia sobre como interpretar espectros em relação aos limites de frequência dos formatos:

Um FLAC oriundo de um CD corta a 22 kHz;
Um MP3 codificado a 320 kbps corta a 20,5 kHz;
Um MP3 codificado a 256 kbps corta a 20 kHz;
Um MP3 codificado a 192 kbps corta a 19 kHz;
Um MP3 codificado a 128 kbps corta a 16 kHz.

Observação: pode ser que o arquivo pode não tenha sido totalmente explorado na fonte. Na verdade, alguns produtores são incompetentes, vendem arquivos que não usam todas as faixas de frequência. É preciso ter o arquivo original, obrigatoriamente. Mais uma razão para não baixar suas músicas em redes P2P que tenham muitos arquivos alternativos de má qualidade, muitas vezes colocados online pelos próprios produtores para promover sua música, mantendo o interesse de comprar suas faixas de boa qualidade.

Foto: © Pixabay.
Artigo original publicado por jak58. Tradução feita por pintuda. Última modificação: 1 de março de 2018 às 12:36 por pintuda.
Este documento, intitulado 'MP3 - FLAC: como detectar upscaling', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.
Como desativar minha conta da Apple Music
Como se tornar um DJ e aprender a fazer mixagem