Comentar

Software livre são os mais utilizados por empreendedores brasileiros

MicheleRios - 15 de março de 2013 - 15:46
Estudo TIC-Empresa, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística , revelou que em 2010 das microempresas brasileiras que usaram computador, a 96,6% utilizou programas já prontos para uso. De acordo com o relatório o uso de softwares livres também foi bem significativo nessas empresas (48,3%), com um baixo resultado de empresas que produzem seus próprios softwares (3,3%).

Priscila Madeira especialista nestes sistemas e diretora de inteligência da Vertigo Tecnologia afirma que esta é uma tendência do mercado e que empresas e órgãos públicos estão migrando seus websites e intranets.

Segundo o estudo, as empresas com 10 ou mais pessoas ocupadas, 95,1% informaram adotar programas prontos para uso e 49,5% softwares livres. Apenas 8,5% das empresas de maior porte declaram desenvolver seus próprios programas.

De acordo com Madeira, isso ocorre por se tratar de uma plataforma intuitiva, com única instalação e com diversas funcionalidades: "Com apenas com o clique do mouse é possível criar múltiplos portais e websites", afirma. Segundo o relatório do IBGE as principais finalidades para o uso de softwares apontadas pelas microempresas foram a gestão eletrônica de documentos (editoração, uso de planilhas eletrônicas e digitalização de documentos), 85,6%, e a gestão comercial, 63,9%. Entre as empresas de maior porte, 85,3% informaram usar programas de computador para gestão eletrônica de documentos e 77,9% para gestão comercial.


Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo