Comentar

Leitor de retina aumenta segurança para logar smartphone

A ZTE está trazendo sem seu mais novo smartphone, o Grand S3, a tecnologia de autenticação biométrica. Ela possibilita aos usuários fazerem login em seus aparelhos por meio de escaneamento do olho.

No caso de gadgets como o iPhone, por exemplo, o reconhecimento de impressão digital pode até ter contribuído para a autenticação biométrica neste tipo de dispositivo. No entanto, as impressões digitais não são as únicas maneiras legítimas de realizar o processo de autenticação. Desta forma, em parceria com a companhia EyeVerify, a ZTE agregou a tecnologia de escaneamento de retina customizada na câmera frontal do Grand Z3.

Até o momento, o recurso, chamado de Eyeprint ID, consegue apenas controlar o login, mas a empresa já pretende expandir a ferramenta para que funcione com aplicativos. Esta técnica verifica padrões únicos das veias do olho humano. Ela não faz fotos, mas grava um vídeo curto para se certificar que o usuário correto está tentando acessar o smartphone.

De resto, o aparelho não tem nada de incomum em comparação com outros aparelhos atuais. É um dispositivo LTE, com tela de 5,5 polegadas e resolução de 1080x1920. O gadget conta com processador quad-core Snapdragon 801 e roda pelo sistema operacional Android. Além disto, o smart possui 3GB de memória RAM e 16GB de capacidade de armazenamento integrado, podendo ser expandido até 64GB; A câmera traseira tem 16MP e a frontal 8MP.