Dispositivo identifica comida estragada

Dispositivo identifica comida estragada
Uma espécie de 'nariz inteligente' é criado pela C2Sense para avisar quando um alimento está estragado.

A C2Sense anunciou a criação de um chip que permite que computadores sintam cheiros. Segundo os desenvolvedores, o objetivo do projeto é usar a ferramenta para perceber quando um alimento está estragado.

Com um formato bem pequeno, o chip é capaz de detectar a presença do composto orgânico que é liberado por frutas e vegetais quando os alimentos estão em processo de amadurecimento, o chamado etileno.

Com a novidade, muitos lotes de alimentos poderão, teoricamente, ser preservados, já que a tecnologia permitiria que um alimento prestes a estragar fosse identificado antes de entrar em contato com outros saudáveis.

De acordo com a empresa, o chip da C2Sense oferece baixo custo e eficiência, diferentemente do visto em outros sensores de etileno que estão há anos em testes e produção.

Foto: © Wired.

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!