Comentar

Sony libera trailers de Detroit: Become Human

MarinaShimamoto - 23 de março de 2018 - 19:06
Sony libera trailers de Detroit: Become Human
Sony disponibiliza nova prévia de Detroit: Become Human. Trailers contam histórias dos personagens androides.

(CCM) — A Sony liberou mais uma prévia do Detroit: Become Human, um de seus jogos mais aguardados para 2018. O game tem produção da Quantic Dream e chegará nos moldes de grandes clássicos da marca.


Com um cenário bastante futurista, os androides dominam o espaço e são os principais personagens da história. No jogo, as máquinas convivem em sociedade com os humanos, mas são vistas a partir de uma outra perspectiva.

Segundo uma publicação de David Cage, designer e escritor do game, a ideia ao desenvolver o título foi deixar os humanos um pouco de lado e manter o olhar do ponto de vista dos androides.

O produtor conta que decidiu colocar a inteligência artificial como uma parte boa e não a vilã que sempre quer destruir a humanidade conforme vemos em filmes, por exemplo.

O jogo mostra uma humanidade decadente, onde há pessoas apenas egoístas, dependentes da tecnologia, preocupadas apenas com o conforto e, no oposto dos lados, está uma nova inteligência, capaz de descobrir o mundo e sentir emoções, clamando apenas pela vida na Terra.

Cage explica que essa história nada mais é que sua visão sobre o futuro. "Como iremos reagir quando as máquinas que criamos ficarem mais inteligentes que nós e mostrarem sinais de consciência? Mais ainda, a consciência é uma questão de poder de computação ou é algo mais?"

Os questionamentos colocam os jogadores em um ambiente que os levará para outra dimensão. Ao invés de manter apenas um personagem central, o produtor escolheu dar vida a três androides, que com o passar do tempo descobrem intensos sentimentos e emoções e, com isso, devem escolher qual destino seguir.

Os trailers liberados são focados em cada um dos atores principais. Para conferir um pouco do que antecede a chegada de Detroit: Become Human clique aqui.

Foto: © Quantic Dream.
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo