Comentar

Apple retira aplicativos de sua loja

MarinaShimamoto - 10 de maio de 2018 - 14:36
Apple retira aplicativos de sua loja
Ação teve como objetivo eliminar apps que compartilhavam dados de localização sem a autorização do usuário.

(CCM) — Seguindo um movimento de remover aplicativos que não respeitam os Termos de Serviço de sua loja virtual, a Apple retirou alguns apps da App Store. O critério foi de remover inicialmente os aplicativos que permitiam o compartilhamento de dados de localização com terceiros sem o consentimento dos usuários.


Diferentes desenvolvedores tiveram seus aplicativos removidos da loja e são informados 'após uma reavaliação' que a Apple encontrou violação de suas regras de privacidade de dados.

Segundo as diretrizes de análise da App Store, os aplicativos que coletam dados de usuários devem ter uma política de privacidade e garantir o consentimento para essa coleta. Além de pedir permissão ao usuário, a Apple quer garantir, ainda, que os desenvolvedores informem o objetivo do uso dos dados coletados. Esse movimento da companhia surge em meio a chegada de novas leis do Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) na Europa, que entram em vigor no final deste mês em países da região.

Essa ação pode ser vista como um esforço da empresa em acompanhar a tendência atual de proteger a privacidade dos usuários, principalmente, após o recente escândalo que envolveu o Facebook e a Cambridge Analytica.

Foto: © Yeamake - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo