Brasil terá programa de combate à fake news

MarinaShimamoto - 11 de maio de 2018 - 15:03

Brasil terá programa de combate à fake news

Facebook fecha parceria com agências de verificação de fatos locais para coibir ainda mais esse tipo de publicação.

(CCM) — Em um comunicado, o Facebook confirmou a intensão da companhia de identificar e coibir as chamadas fake news no Brasil. Para isso, realizou uma parceria com duas agências de verificação de fatos (ou fact checking, como é conhecida em inglês essa expressão), a Aos Fatos e a Agência Lupa.



Para por em prática o projeto, as agências terão acesso às denúncias de notícias falsas feitas pela comunidade da rede social com o objetivo de analisar sua veracidade. A ideia é que, quando confirmada a falsidade, esses materiais tenham sua distribuição orgânica diminuída de maneira significativa no Feed de quem participa da rede social. Eles também não poderão ser impulsionados na rede.

As páginas responsáveis por compartilhar conteúdo comprovadamente falso de forma repetida serão penalizadas com a diminuição do alcance de suas publicações. Nos EUA, por exemplo, a mesma iniciativa reduziu em 80% a distribuição orgânica de notícias consideradas falsas por agências parceiras do Facebook por lá.

Os usuários e os administradores de páginas serão alertados quando tentarem compartilhar um conteúdo comprovadamente falso.Além disso, a verificação poderá ser associada à postagem original e aparecer no Feed por meio do recurso 'Artigos Relacionados', do Facebook.

"Estamos comprometidos em combater a disseminação de notícias falsas no Facebook. Essa parceria com Aos Fatos e Agência Lupa é mais um passo em nossos esforços para combater a desinformação e melhorar a qualidade das notícias que as pessoas encontram na rede social", informa a líder de parcerias com veículos de mídia do Facebook para América Latina, Cláudia Gurfinkel.

Foto: © Bloomua - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo