Comentar

Twitter adquiri Smyte para combater abusos

MarinaShimamoto - 22 de junho de 2018 - 10:43
Twitter adquiri Smyte para combater abusos
Companhia é fornecedora de ferramentas e sistemas que protegem e também evitam os excessos na internet.

(CCM) — O Twitter anunciou a compra da Smyte, empresa que fornece ferramentas para combate ao abuso online. Entre os serviços prestados pela companhia, estão sistemas que protegem a conta de usuários de serviços online e evitam a disseminação de spam, perseguição e outras formas de discurso de ódio.


A Smyte foi fundada em 2014 e inicialmente teve como foco o combate a fraudes. No entanto, a startup passou a ter como meta outros tipos de 'comportamentos online indesejados', como contas falsas, bullying, trolagem e stalking, usando o sistema machine learning para detectar padrões de comportamento. Exatamente o que vai em direção aos atuais objetivos do Twitter – que vem patinando no combate à proliferação do ódio e abuso na rede social. Desde o final de 2016, a companhia tem intensificado seus esforços nesse sentido, o que faz com que a aquisição da Smyte tenha um direcionamento bastante claro dentro da estrutura da rede social.

Em comunicado, o Twitter confirmou a compra - a primeira desde dezembro de 2016, inclusive, quando adquiriu a Yes, Inc. -, mas não forneceu mais detalhes. No site da Smyte, as informações indicam uma junção completa à estrutura da rede social, uma vez que o serviço, como existia até a data da compra, deixou de funcionar.

No comunicado, o Twitter enalteceu a experiência dos fundadores da Smyte no combate à fraude e proteção da segurança de usuários online. A companhia afirmou que a startup possui uma postura parecida com a própria empresa quando o assunto é o combate ao abuso online.

Foto: © Twin Design - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo