Comentar

Microsoft incentiva abandono do Windows 7

Microsoft incentiva abandono do Windows 7
Companhia investe em campanha mais agressiva para fazer usuários migrarem para a versão mais recente do sistema.

(CCM) — A Microsoft já informou todo o mercado que o Windows 7 deixará de existir a partir de janeiro de 2020. Mas parece que nem mesmo o comunicado oficial da companhia fez com que os usuários do sistema migrassem para a versão mais recente. Com esse cenário, a companhia decidiu realizar uma campanha muito mais agressiva em todo o mundo para incentivar a migração para o Windows 10.

A ação será posta em prática já no início de 2019 por meio de avisos mais frequentes e impactantes com o objetivo de fazer com que as empresas não deixem a mudança do sistema operacional para a última hora, uma vez que a companhia não fornecerá mais suporte ao Windows 7. Com isso, a expectativa é que a partir de 2019 aumente consideravelmente o número de usuários do Windows 10.

Mesmo com um número considerável de pessoas aderindo ao Windows 10, dados recentes da companhia mostram que o Windows 7 ainda é o sistema operacional mais utilizado no mundo, o que pode resultar em muitos usuários usando a plataforma antiga mesmo após o fim do suporte.

A Microsoft informa que a adoção do Windows 10 é importante nos aspectos de segurança e um passo crucial para a modernização dos sistemas informatizados, com soluções mais baratas e rápidas, principalmente, para ambientes corporativos.

Foto: © Microsoft.

Veja também