Comentar

Nota baixa pode excluir usuário de Uber

MarinaShimamoto - 5 de setembro de 2018 - 14:24
Nota baixa pode excluir usuário de Uber
Empresa iniciou ação na Austrália e Nova Zelândia; objetivo é garantir respeito mútuo entre motoristas e passageiros.

(CCM) — A Uber iniciou uma ação que visa manter uma relação bem mais saudável entre os usuários e os motoristas do serviço. A região teste escolhida foi a Oceania e os países Austrália e Nova Zelândia. Por lá, os usuários que tiverem nota abaixo de quatro estrelas terão mais dificuldades para obter novas corridas e podem até ser excluídos da plataforma.


Como todos já sabem, além dos motoristas, os passageiros também recebem notas como usuários. O que se percebe hoje, é que aqueles que possuem notas baixas têm mais dificuldades para conseguir corridas, resultando em mais tempo de espera, e acabam sendo atendidos por motoristas que também têm notas mais baixas.

A diretora geral da Uber para a região da Oceania, Susan Anderson, afirma que a ideia é garantir um panorama de respeito mútuo na plataforma, agora que ela já funciona há anos e está consolidada em boa parte dos países do mundo.

Segundo ela, desde um 'bom dia' ou um 'até logo' podem garantir boas notas ao passageiro, assim como comer e beber no veículo, fazer o motorista aguardar muito tempo ou bater a porta do carro ao entrar ou sair são as ações mais citadas pelos motoristas como motivadores de notas mais baixas.

Pelo novo sistema, os passageiros receberão um alerta com orientações de como melhorar seu histórico no serviço quando sua nota estiver próxima da linha de corte. No entanto, se a nota permanecer baixa, esse usuário será banido da plataforma.

A Uber ainda não informou uma data exata de quando seu novo sistema de avaliação de passageiros entrará em vigor no Brasil. Para verificar sua situação, o usuário deve abrir o aplicativo e clicar no menu, a nota aparece na lateral superior esquerda da tela, sob o nome e a foto.

Foto: © Indypendenz - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do RedirMendesdeS