Comentar

Spotify de olho nos planos familiares

MarinaShimamoto - 28 de setembro de 2018 - 14:13
Spotify de olho nos planos familiares
Empresa iniciou ação para checar o endereço de seus usuários para acabar com o uso indevido da assinatura.

(CCM) — Parece que o Spotify está de olho nos usuários que fazem o plano família para obterem um preço mais vantajoso na assinatura do serviço, mas não obedecem às regras estabelecidas pela empresa. É preciso lembrar que o Plano Família é oferecido para um titular e até cinco dependentes, 'que residam no mesmo endereço' - essa é a pegadinha do Spotify.


O que se nota em todo mundo é o uso dos planos familiares por grupos de amigos, ou até mesmo familiares, que não vivem na mesma residência. Para coibir esse tipo de atitude, a companhia está enviando e-mails para seus usuários solicitando coordenadas de GPS justamente para a confirmação do endereço.

O envio dos e-mails começou há algumas semanas na Europa e nos Estados Unidos e logo deve chegar ao Brasil. O texto informa ao usuário que a continuidade de uso do plano familiar depende da confirmação da localização, caso contrário o assinante poderá perder o acesso à conta.

Em comunicado enviado à imprensa, o Spotify afirma que os e-mails fazem parte de testes de melhorias na experiência dos usuários de planos familiares, como faz com todas suas funcionalidades de tempos em tempos. No entanto, a companhia não informou o motivo dos pedidos de localização dos usuários. No Brasil, o plano Premium, individual, custa R$ 16,90 e o Família, R$ 26,90.

Segundo informações da Billboard, cerca de metade dos assinantes globais de streaming (incluindo os concorrentes da Spotify) fazem uso dos planos familiares para reduzirem o custo da assinatura.

Foto: © kenary820 - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo