Comentar

Roteadores têm risco de ataque por hackers

Ana Paula Cardoso - 1 de outubro de 2018 - 08:10
Roteadores têm risco de ataque por hackers
Estudo divulgado nos EUA aponta falhas de segurança em dispositivos de diversas marcas, também usadas no Brasil.

(CCM) — Um estudo do American Consumers Institute (ACI), a instituição voltada para pesquisas aos consumidores nos EUA, afirma que mais de 80% dos roteadores usados em casa ou escritórios apresentam falhas de segurança. Entre as marcas indicadas como vulneráveis encontram-se algumas das mais populares também no Brasil, como Asus, D-Link e TP-Link.


O estudo foi realizado a partir de maio de 2018, após um alerta do FBI sobre hackers russos que estariam invadindo computadores domésticos através dos dispositivos de compartilhamento de rede Wi-Fi. Segundo o relatório da ACI, os hackers visam os dispositivos de hardware, como os roteadores, em função dos softwares que os acompanham (conhecidos como firmware) serem construídos com o código-fonte aberto.

Essa configuração acaba por facilitar o acesso a uma série de informações, normalmente armazenadas nos computadores pessoais, como senhas de perfis profissionais ou redes sociais. A análise testou 186 amostras de roteadores de marcas distintas. O resultado revelou que 155 deste total, equivalente a 83%, apresentaram vulnerabilidades para possíveis ataques cibernéticos.

Veja a lista completa das marcas de roteadores que oferecem risco clicando no link do estudo.

Foto: © Aleksanderdn - 123RF.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do maxDirley