Comentar

Adeus à Google+

Ana Paula Cardoso - 9 de outubro de 2018 - 11:23
Adeus à Google+
Rede social será desativada após expor dados privados de usuários.

(CCM) — Lançada em 2011 para fazer concorrência ao Facebook, a rede social Google+ despede-se definitivamente da web. O motivo foi uma falha de segurança ocorrida em março, que teria exposto dados pessoais de meio milhão de contas. Após a divulgação do caso, a Google decidiu fechar este serviço, que cria automaticamente uma conta para pessoas com um endereço do Gmail.


Segundo informações do jornal americano 'The Wall Street Journal', a empresa optou por não divulgar o problema logo que ocorreu. A alegação principal seria de ainda não ter conseguido verificar as reais implicações da falha, mas também, em parte, por temer que isso a tornasse alvo de sabatina regulatória do órgãos oficiais americanos, e causasse danos à reputação.

Como parte de sua resposta ao incidente, a unidade Alphabet, que faz parte do conglomerado da gigante do Vale do Silício, anunciou na segunda-feira (8/10) um vasto conjunto de medidas de privacidade de dados que incluem o desligamento permanente de todas as contas de pessoas-física.

O processo será feito ao longo de dez meses, a fim de dar tempo aos usuários de baixarem suas informações e migrarem para outras plataformas.

Foto: © GaudiLab - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo